Home Economia e Política Economia do Japão tem contração no 1º tri

Economia do Japão tem contração no 1º tri

A economia do Japão contraiu mais rápido do que o esperado no primeiro trimestre, uma vez que o iene fraco continuou a afetar os consumidores

por Reuters
0 comentário

A economia do Japão contraiu mais rápido do que o esperado no primeiro trimestre, uma vez que o iene fraco continuou a afetar os consumidores, lançando um novo desafio à perspectiva do banco central para que a taxa de juros se afaste ainda mais do nível próximo de zero.

Os dados preliminares do Produto Interno Bruto (PIB) do Escritório do Gabinete, divulgados nesta quinta-feira, mostraram que a economia do Japão encolheu 2,0% em termos anualizados nos primeiros três meses do ano em relação ao trimestre anterior, contra expectativa de queda de 1,5% em uma pesquisa da Reuters com economistas.

Dados revisados para baixo mostraram que o PIB quase não cresceu no quarto trimestre de 2023, devido ao rebaixamento das estimativas de gastos de capital.

Embora os dados preliminares de gastos de capital estejam frequentemente sujeitos a revisões pesadas na divulgação final, as quedas gerais em todos os componentes do PIB sugerem que a economia do Japão não teve um grande motor de crescimento no primeiro trimestre.

Isso pode criar alguma hesitação para o Banco do Japão, que aumentou as taxas de juros em março pela primeira vez desde 2007 e, desde então, sinalizou sua intenção de continuar a apertar a política monetária.

“É possível que o cronograma de aumento das taxas seja adiado, dependendo de como o PIB possa se recuperar no trimestre atual”, disse Yoshimasa Maruyama, economista-chefe de mercado da SMBC Nikko Securities.

Ele disse que, embora a economia certamente se recupere no trimestre atual devido ao aumento dos salários, a incerteza permanece em torno do consumo no setor de serviços.

A leitura mais recente do PIB se traduz em uma contração trimestral de 0,5%, contra um declínio de 0,4% esperado pelos economistas. Os números revisados do primeiro trimestre serão divulgados em 10 de junho.

Sobre Nós

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.  Saiba Mais

Assine a newsletter “O Melhor do Dinheirama”

Redes Sociais

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.