Você tem sonhos, desejos e objetivos, certo? Obviamente, pensa em realizá-los, não é mesmo? Para isso você precisa de entrega, sacrifício, dedicação e paciência. “Chegar lá” não é uma coisa da noite para o dia, embora pareça assim nos livros de empreendedorismo mais populares por ai. Tudo isso não é novidade, você já sabia.

Na educação financeira, que precede e apoia a realização de qualquer objetivo, tudo depende de quão empenhado você está para alcançar suas metas, sejam elas quais forem, sonhos materiais ou experiências. O comportamento vem antes do dinheiro, sempre!

Tudo na vida depende de entregas, volto a reforçar este aspecto. Você tem que abrir mão de algumas coisas para realizar seus sonhos, não tente escapar dessa realidade. Por exemplo, se você sonha em trocar de carro ou comprar uma casa, você vai ter que abrir mão de algumas coisas por um tempo (jantar fora com menos frequência, passar mais finais de semana em casa e etc.) para juntar o dinheiro.

O que tudo isso tem a ver com a prática esportiva?

Qualquer prática esportiva requer treino! Dependendo de quais são suas metas no seu esporte preferido, estamos falando de muito treino (pense em uma maratona, por exemplo, algo que eu e o amigo Conrado Navarro, também aqui do Dinheirama, gostamos bastante de fazer).

No mundo da corrida, vejo vários “atletas”, e coloco entre aspas porque eles estão mais para “caçadores-de-medalhas-para-postar-no-Instagram”. Pergunte pra um treinador sério se ele recomenda que você faça várias provas só para ganhar medalha.

Atletas profissionais fazem poucas provas por ano, você bem sabe. Mas, por quê? Porque é necessário se dedicar, sofrer em treinos e estar muito bom para conseguir resultados expressivos e duradouros. Coincidência ou não, só assim você vai alcançar seus objetivos mais difíceis e que requerem mais disciplina.

Muitos insistem em dizer que é preciso ter o melhor tênis, o melhor short, o melhor relógio, mas se esquecem do principal: o treino. No treino, você mentaliza o que fará na prova e se condiciona de forma inteligente para aguentá-la e desfrutá-la.

Aliás, uma das melhores coisas para mim é sair para treinar. No treino de corrida eu começo a pensar sobre a vida, sobre o que tenho que fazer no trabalho no dia seguinte. Quando corro na parte da manhã, eu sempre chego ao trabalho mais disposto e com foco e energia nas atividades do dia. Realizar qualquer coisa fica mais simples e fácil.

Sonhar, sim, mas treinar também é fundamental na vida

Pode parecer estranho, mas eu gosto de escrever meus sonhos e metas em um pedaço de papel. Por mais tecnológico que seja o mundo hoje, sugiro que você pegue um papel e escreva seus sonhos, dividindo-os em tempo (curto, médio e longo prazo).

Uma coisa importante: é necessário ter esses três tipos de sonho. Imagine que você só tenha os sonhos de longo prazo para realizar; qualquer decepção que você tiver, você verá esse seu sonho cada vez mais distante, e isso o deixará bastante desmotivado. É preciso ter coisas para comemorar sempre, ainda que pequenas. Assim, coloque sempre mais sonhos que possam ser realizados em curto e médio prazo.

Ora, o treino dedicado e disciplinado na prática de exercícios físicos está para os resultados na saúde e provas da mesma maneira que a persistência e a disciplina no dia a dia estão para a realização de sonhos (item-chave da educação financeira). Os sonhos são importantes, mas para atingi-los é preciso treinar muito, concorda?

Se quiser olhar de outra forma, sugiro uma reflexão. A realização pessoal é sempre uma consequência de nossas decisões, algo que começa com uma escolha: treinar ou simplesmente não fazer nada!

Conclusão

Planeje, mas faça alguma coisa em relação a esses planos. Em outras palavras, treine! Muito! Lembre-se dos atletas que você admira e pense no nível de compromisso, entrega e sacrifício que eles atuam para colher frutos tão admirados. E mais uma dica: nunca boicote seus treinos porque isso significa que você está boicotando seus sonhos. Bons treinos e até a próxima!

Foto “Training”, Shutterstock.

Igor Oliveira
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários