Educação no Brasil: cidades que se destacam no ensino públicoNesta semana, ficamos surpresos com a divulgação de algumas redações do Enem em que alguns alunos aproveitaram o espaço para escrever receita de macarrão instantâneo, escrever letra do time do coração, entre outras coisas.

Como defensores da educação no sentido mais amplo, isto é, por acreditar que o acesso a ela pode transformar de fato nossa sociedade, ficamos realmente preocupados. Se considerarmos que os alunos que executaram essas práticas receberam notas acima de 500 pontos, a situação fica ainda pior.

Para mostrar que nem tudo está perdido, a Fundação Lemann realizou, a pedido da Exame.com, uma pesquisa e encontrou municípios que têm em comum o fato de, em todas eles, pelo menos 70% dos alunos do 5º ano do ensino fundamental poderem se orgulhar de ter aprendido o conteúdo esperado tanto em português quanto em matemática.

Vamos conhecer as 10 cidades que foram apontadas como destaques na educação pública:

1. Santa Terezinha de Itaipu (PR)

Alunos que sabem Português no 5º ano: 84%
Quanto era em 2009: 57%
No Brasil, apenas 37% dos alunos estão no mesmo nível.

Alunos que sabem Matemática no 5º ano: 89%
Quanto era em 2009: 68%
No Brasil, apenas 33% dos alunos estão no mesmo nível.

2 . Cajuru (SP)

Alunos que sabem Português no 5º ano: 82%
Quanto era em 2009: 96%
No Brasil, apenas 37% dos alunos estão no mesmo nível.

Alunos que sabem Matemática no 5º ano: 82%
Quanto era em 2009: 98%
No Brasil, apenas 33% dos alunos estão no mesmo nível.

3. Itaú de Minas (MG)

Alunos que sabem Português no 5º ano: 79%
Quanto era em 2009: 65%
No Brasil, apenas 37% dos alunos estão no mesmo nível.

Alunos que sabem Matemática no 5º ano: 89%
Quanto era em 2009: 80%
No Brasil, apenas 33% dos alunos estão no mesmo nível.

4. Foz do Iguaçu (PR)

Alunos que sabem Português no 5º ano: 77%
Quanto era em 2009: 59%
No Brasil, apenas 37% dos alunos estão no mesmo nível.

Alunos que sabem Matemática no 5º ano: 81%
Quanto era em 2009: 66%
No Brasil, apenas 33% dos alunos estão no mesmo nível.

5. Mucambo (CE)

Alunos que sabem Português no 5º ano: 76%
Quanto era em 2009: 36%
No Brasil, apenas 37% dos alunos estão no mesmo nível.

Alunos que sabem Matemática no 5º ano: 82%
Quanto era em 2009: 35%
No Brasil, apenas 33% dos alunos estão no mesmo nível.

6. São Caetano do Sul (SP)

Alunos que sabem Português no 5º ano: 75%
Quanto era em 2009: 63%
No Brasil, apenas 37% dos alunos estão no mesmo nível.

Alunos que sabem Matemática no 5º ano: 70%
Quanto era em 2009: 62%
No Brasil, apenas 33% dos alunos estão no mesmo nível.

7. Rio Acima (MG)

Alunos que sabem Português no 5º ano: 74%
Quanto era em 2009: 60%
No Brasil, apenas 37% dos alunos estão no mesmo nível.

Alunos que sabem Matemática no 5º ano: 78%
Quanto era em 2009: 62%
No Brasil, apenas 33% dos alunos estão no mesmo nível.

8. Sobral (CE)

Alunos que sabem Português no 5º ano: 75%
Quanto era em 2009: 65%
No Brasil, apenas 37% dos alunos estão no mesmo nível.

Alunos que sabem Matemática no 5º ano: 82%
Quanto era em 2009: 65%
No Brasil, apenas 33% dos alunos estão no mesmo nível.

9. Presidente Venceslau (SP)

Alunos que sabem Português no 5º ano: 72%
Quanto era em 2009: 62%
No Brasil, apenas 37% dos alunos estão no mesmo nível.

Alunos que sabem Matemática no 5º ano: 79%
Quanto era em 2009: 75%
No Brasil, apenas 33% dos alunos estão no mesmo nível.

10. Junqueirópolis (SP)

Alunos que sabem Português no 5º ano: 72%
Quanto era em 2009: 58%
No Brasil, apenas 37% dos alunos estão no mesmo nível.

Alunos que sabem Matemática no 5º ano: 79%
Quanto era em 2009: 67%
No Brasil, apenas 33% dos alunos estão no mesmo nível.

Por que essa notícia é importante?
A educação no Brasil é uma das áreas que mais precisa de desenvolvimento. O futuro de nosso país precisa de políticas públicas que não só facilitem o acesso das pessoas ao ensino público, mas que garantam que ele seja de alta qualidade, com professores melhores remunerados, mais valorizados e métodos de ensino mais eficientes.

É importante que o papel da escola e do professor seja rediscutido e analisado de uma maneira onde o ensino seja algo transformador, e não puramente uma obrigatoriedade. Não falta dinheiro para ser investido, falta gestão para transformar tantos recursos em oportunidades. Diga a verdade: você concorda com a forma como a educação no Brasil é conduzida? Aproveite os espaços abaixo para registrar sua opinião. Até a próxima.

Foto de freedigitalphotos.net.

Ricardo Pereira
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários