Home Empresas Eletrobras não é notificada sobre cobrança de 3,59 bilhões pelo Piauí

Eletrobras não é notificada sobre cobrança de 3,59 bilhões pelo Piauí

No processo, movido contra Eletrobras, União e BNDES, o Piauí busca indenização relacionada à Cepisa

por Reuters
0 comentário

A Eletrobras (ELET3) afirmou nesta sexta-feira que não foi intimada sobre uma cobrança de 3,59 bilhões de reais por parte do Estado do Piauí em ação relacionada à ex-distribuidora estatal Cepisa, que tramita no Supremo Tribunal Federal (STF).

No processo, movido contra Eletrobras, União e BNDES, o Piauí busca indenização relacionada à Cepisa, distribuidora de energia elétrica que era do Estado e foi federalizada, passando para o portfólio da Eletrobras ainda estatal, para depois ser privatizada em 2018.]

Segundo a Eletrobras, o processo foi julgado com condenação solidária da Eletrobras e da União, e exclusão do BNDES, mas ainda não transitou em julgado, estando pendentes de julgamento embargos declaratórios apresentados pela companhia.

“A Eletrobras não foi intimada acerca dessa cobrança e seguirá adotando todas as providências pertinentes para a defesa de seus direitos”, diz o comunicado.

A companhia elétrica acrescentou ainda que, caso seja coagida a pagar qualquer quantia, terá direito de regresso da parcela devida pela União, condenada solidariamente nos autos.

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.