Home Comprar ou Vender Em dificuldades, Zamp se endivida para pagar carne de Burger King e Popey’s

Em dificuldades, Zamp se endivida para pagar carne de Burger King e Popey’s

Analistas veem grande diferença nas vendas na comparação com o McDonald's e recomenda uma abordagem cautelosa em relação à ação

por Gustavo Kahil
0 comentário
Burger King

A Zamp (ZAMP3), dona das marcas Burger King e Popeye’s no Brasil, “está com dificuldades para pagar as suas obrigações com base no fluxo de caixa orgânico”, avalia a Ágora Investimentos em um relatório enviado a clientes nesta quinta-feira (25).

A avaliação dos analistas Felipe Cassimiro e Flávia Meireles vem após a empresa ter anunciado ontem a emissão de debêntures no valor de R$ 500 milhões, podendo chegar a até R$ 650 milhões.

Segundo a empresa, os recursos serão destinados para o reembolso de despesas incorridas nos 24 meses anteriores à data da oferta e pagamento de obrigações contratuais futuras da aquisição de carne in natura de determinados fornecedores.

Desempenho das ações da Zamp nos últimos 12 meses

“Acreditamos que a recuperação da Zamp levará tempo devido à diferença nas Vendas nas Mesmas Lojas (SSS) entre a empresa e seu principal concorrente [McDonald’s], juntamente com as recentes mudanças no Conselho da empresa. Portanto, recomendamos uma abordagem cautelosa em relação à ação”, aponta a corretora.

Veja o documento da emissão

Sobre Nós

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.  Saiba Mais

Mail Dinheirama

Faça parte da nossa rede “O Melhor do Dinheirama”

Redes Sociais

© 2023 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.