Home Economia e Política Enel confirma investimento no Brasil após fala de Lula

Enel confirma investimento no Brasil após fala de Lula

Nós estamos conversando com eles pra dizer que a gente está disposto a renovar o acordo se eles assumirem o compromisso de fazer investimentos

por Reuters
0 coment√°rio

A el√©trica italiana Enel confirmou neste s√°bado o investimento previsto no Brasil de 3,7 bilh√Ķes de d√≥lares de 2024 a 2026, ap√≥s fala do presidente Luiz In√°cio Lula da Silva condicionando a renova√ß√£o da concess√£o aos aportes.

Ap√≥s confer√™ncia do G7, na It√°lia, Lula citou em entrevista a jornalistas os problemas no fornecimento da Enel, que opera concess√Ķes em S√£o Paulo, Rio de Janeiro e Cear√°.

“Eles assumiram o compromisso de, ao inv√©s de investir 11 bilh√Ķes, eles v√£o investir 20 bilh√Ķes nos pr√≥ximos tr√™s anos, prometendo que n√£o haver√° mais apag√£o em nenhum lugar que eles s√£o respons√°veis pela energia”, disse Lula.

O plano de investimento citado por Lula j√° havia sido anunciado pela empresa, que confirmou os valores neste s√°bado citando o montante de 3,7 bilh√Ķes de d√≥lares.

A fala foi feita em momento em que o governo está para definir as diretrizes para a renovação de 20 contratos de distribuição de energia elétrica, incluindo a Enel, além de CPFL, Neoenergia, Equatorial e Energisa.

No projeto que está na Casa Civil, está em jogo a prorrogação de 20 contratos que vencem a partir de 2025, compreendendo 64% do mercado de distribuição de energia do país.

“Na semana que vem, o ministro de Minas e Energia (Alexandre Silveira) vai me levar uma proposta, e n√≥s vamos ent√£o saber se vamos fazer ou n√£o, para resolver esse problema energ√©tico, porque S√£o Paulo √© muito importante, a gente n√£o pode permitir que a capital mais importante do Brasil fique sem energia”, afirmou o presidente.

Lula mencionou reuni√£o com representantes da Enel.

“N√≥s estamos conversando com eles pra dizer que a gente est√° disposto a renovar o acordo se eles assumirem o compromisso de fazer investimentos.”

Nesta semana, a Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon), vinculada ao Minist√©rio da Justi√ßa e Seguran√ßa P√ļblica, multou a distribuidora de energia da Enel no Rio de Janeiro em 13,067 milh√Ķes de reais por interrup√ß√£o dos servi√ßos e demora no restabelecimento por parte da concession√°ria.

A distribuidora paulista da Enel tamb√©m j√° foi multada em 165,8 milh√Ķes de reais pela ag√™ncia reguladora Aneel por sua atua√ß√£o diante do apag√£o em novembro do ano passado, que afetou milh√Ķes de consumidores da capital paulista e regi√£o metropolitana.

A distribuidora tem reafirmado seus compromissos com os consumidores, ressaltando os investimentos previstos.

Plano de investimentos

Em nota neste s√°bado, a Enel afirmou que o CEO mundial da companhia italiana, Flavio Cattaneo, reuniu-se pela manh√£, na It√°lia, com o presidente Lula, reafirmando os investimentos.

O diretor de Rela√ß√Ķes Externas da Enel, Nicol√≤ Mardegan, e o ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira, tamb√©m participaram do encontro.

Segundo a Enel, o governo brasileiro e a nova gest√£o da el√©trica “convergiram” numa s√©rie de pontos, principalmente sobre como o Brasil √© “um dos pa√≠ses mais importantes dentro da estrat√©gia de crescimento da empresa”.

O montante de investimentos que o grupo direcionou ao pa√≠s no Plano Estrat√©gico apresentado ao mercado no √ļltimo m√™s de novembro marca uma “mudan√ßa de rumo” e um aumento de 45% em rela√ß√£o ao programa anterior, segunda a Enel.

Nas redes, a Enel prev√™ aumento dos investimentos no Brasil de 75% em rela√ß√£o ao plano anterior, para 2,9 bilh√Ķes de d√≥lares no per√≠odo de 2024-26.

“Ap√≥s os eventos clim√°ticos extremos que em 2023 causaram interrup√ß√Ķes no servi√ßo el√©trico em algumas √°reas de suas concess√Ķes, a empresa decidiu intervir com determina√ß√£o por meio de um plano que prev√™, al√©m do significativo aumento dos investimentos em qualidade e resili√™ncia, tamb√©m um importante aumento da sua for√ßa de trabalho no pa√≠s”, disse a Enel.

O Dinheirama √© o melhor portal de conte√ļdo para voc√™ que precisa aprender finan√ßas, mas nunca teve facilidade com os n√ļmeros.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informa√ß√£o e atesta a apura√ß√£o de todo o conte√ļdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que n√£o faz qualquer tipo de recomenda√ß√£o de investimento, n√£o se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.