A pergunta do título deste texto é muito comum, principalmente para os pais que tiveram o primeiro contato com a educação financeira há pouco tempo. Eu sempre digo que educação financeira é muito mais do que anotar despesas numa planilha; é, antes de tudo, mudança de atitude e comportamento.

A melhor forma de ensinar os filhos a lidar com o dinheiro ou com qualquer coisa na vida é com o nosso próprio exemplo. Como o seu filho enxerga você quando vão juntos passear no shopping? Você entra em todas as lojas e sai cheio de sacolas? Tenha certeza de uma coisa: o seu comportamento será copiado!

eBook gratuito: Como falar sobre dinheiro com o seu filho

Pensando nisso, gostaria de deixar algumas sugestões para ensinar as crianças a lidar com o dinheiro de maneira mais saudável:

1. Estimule a criança a pegar moedas e cédulas na mão

Quanto mais cedo elas tiverem contato com o universo do dinheiro, mais chances terão de alcançar a prosperidade.

Acompanhe de perto esse primeiro contato para evitar acidentes, ok?

2. Mostre para a criança o valor do dinheiro

O maior presente que os pais podem dar para o seu filho nesse momento é um cofrinho. Escolha um cofrinho bem bacana, que chame a atenção do seu filho e, sempre que possível, ensine-o a colocar as moedas lá dentro.

Isso pode parecer banal, mas, na verdade, ao repetir o gesto diversas vezes, você está registrando na cabeça da criança que ela deve guardar a moeda.

3. Estimule e ensine a criança a sonhar

Depois que a criança aprende a cuidar do seu cofrinho e passa a depositar as moedas, é chegada a hora de dar sentido ao ato de poupar. Mostre para a criança que todo o dinheiro que ela está guardando pode virar um presente ou algo especial que ela deseja muito.

4. Comemore sempre

Todas as vezes que o seu filho guardar dinheiro e, depois de um tempo, realizar o sonho, comemore com ele. Quebre ou abra o cofrinho ao lado da criança, ajudando-a a contar as moedas e colocá-las em uma sacola; então, vá até a loja e deixe o seu filho sentir o prazer de adquirir algo que foi fruto do seu esforço e dedicação. Deixe ele escolher, negociar e pagar.

Leitura recomendada: Livros ensinam crianças a lidar com dinheiro (presenteie-os com educação financeira)

Conclusão

Agindo de forma a estimular a educação financeira e o exemplo no cuidado com as finanças, você permitirá que seu filho alcance muito mais coisas na vida, afinal ele saberá lidar com o dinheiro de uma maneira saudável, feliz e pensada na sua independência e liberdade. O legado é grande recado! Até a próxima!

Foto “Girl and piggy bank”, Shutterstock.

Marcio Martins
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários