Home Comprar ou Vender Entra Nubank, sai B3: entenda a mudança no Top 5 do Itaú BBA

Entra Nubank, sai B3: entenda a mudança no Top 5 do Itaú BBA

O Nubank, quando comparada com outros bancos, está com uma dinâmica de lucros favorável, execução superior e uma "excelente" projeção

por Gustavo Kahil
0 comentário

O Itaú BBA realizou uma mudança em sua carteira Top 5 com a entrada das BDRs do Nubank (ROXO34) e a saída das ações da B3 (B3SA3), mostra um relatório enviado a clientes nesta quinta-feira (26).

O analista Victor Natal fez a mudança para se adequar ao início da temporada de balanços para tentar capturar as altas geradas por resultados melhores do que o esperado pelo consenso de mercado.

Segundo ele, o Nubank deve surpreender o mercado.

“Apesar de a ação da companhia estar barata, negociando a múltiplos próximos das mínimas históricas, não vemos gatilhos de curto prazo para B3, uma vez que seus resultados não devem provocar grandes correções de preço, com o volume negociado no trimestre — principal valor acompanhado pelo mercado — já divulgado”, diz Natal.

Nubank

O Nubank, quando comparada com outros bancos avaliados pelo Itaú BBA, está com uma dinâmica de lucros favorável, execução superior e uma “excelente” projeção de crescimento para o futuro.

“Mesmo com a venda recente de parte relevante das ações do CEO e de outros acionistas — que ofereceu um bom ponto de entrada para o investidor — avaliamos que o sentimento do mercado para o papel deve ficar positivo com a boa execução e entrega de lucros que projetamos para a companhia”, afirma Natal.

Para ele, um tópico chave para a tese tem sido a discussão em torno das taxas rotativas do cartão de crédito e o potencial teto ou extinção do produto.

“Em nossa visão, o mercado já precifica alguns dos riscos dessa discussão e a expectativa é de que uma solução equilibrada deverá servir como um evento de redução de risco para as ações”, finaliza Natal.

Carteira

Dinheirama

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.