Home Economia e Política Especial: Como será o início do segundo Governo Dilma?

Especial: Como será o início do segundo Governo Dilma?

por Parceiro de Conteúdo
0 comentário

Com o final das eleições e a confirmação de um novo mandato da Presidente Dilma Rousseff, muitos desafios deixados por ela precisarão ser encarados, certamente um dos mais difíceis o resgate da credibilidade do governo junto ao mercado.

Credibilidade perdida/arranhada ao longo dos primeiros anos de governo, com decisões que aos olhos de boa parte das pessoas se mostraram desastrosas e que acabaram por trazer mais insegurança a investidores que tinham planos para o país.

Nesta semana soube-se que o governo pretende, através de alterações na LDO (Lei das Diretrizes Orçamentárias), encontrar um caminho tortuoso para poder “fechar” suas contas e não infringir a conhecida Lei de Responsabilidade Fiscal.

Dentro desse cenário de incertezas e desafios, convidamos uma vez mais Alvaro Bandeira, Economista-Chefe e Sócio da Órama para desenhar, dentro de seu entendimento e expectativas, como se dará o início dessa nova fase do governo Dilma.

Alvaro nos brinda mais uma vez com sua didática direta e de fácil entendimento com matéria rico e esclarecedor. Outro ponto importante que mereceu atenção especial no vídeo é a triste constatação da situação delicada da Petrobrás, um dos orgulhos do país que agora se tornou motivo de preocupação para todos.

Acompanhe o vídeo:

https://www.youtube.com/watch?v=bXRexvpy8ls

Os melhores investimentos estão aqui!

Quem acompanha de perto o cenário econômico e busca alternativas inteligentes para investir sabe que a Órama possui profissionais altamente qualificados que selecionam os melhores fundos do mercado, fundos exclusivos que todos podem ter acesso com investimento a partir de R$ 1 mil, algo não encontrado no mercado. Clique aqui para conhecer mais detalhes sobre os melhores fundos.

Outra alternativa interessante são as Letras de Crédito (LCI e LCA), que são produtos conservadores e de baixo risco muito procurados pelos investidores, pois reúnem diversas vantagens, tanto financeiras quanto tributárias:

  • Isenção de Imposto de Renda;
  • São conservadores atrelados ao CDI;
  • Não possuem taxas;
  • Garantidos pelo FGC em até R$ 250.000,00 por CPF e por instituição emissora, assim como a Poupança e o CDB. Isso significa que seu dinheiro está seguro, até este valor, em caso de intervenção, liquidação ou falência do banco emissor;
  • Clique aqui para conhecer mais detalhes sobre as Letras de Crédito (LCI e LCA).

Se você, leitor do Dinheirama, busca também consultoria especializada, pode contar com o canal “Fale com a Sandra”, uma linha direta com a Sandra Blanco, Consultora de Investimentos da Órama.

Os próximos anos serão agitados, por isso é importante cuidar das finanças. Estamos aqui para ajudá-lo. Até a próxima!

Nota: Esta coluna é mantida pela Órama, que contribui para que os leitores do Dinheirama possam ter acesso a conteúdo gratuito de qualidade.

Foto “Lost man in a boat”, Shutterstock.

Sobre Nós

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.  Saiba Mais

Faça parte da nossa rede “O Melhor do Dinheirama”

Redes Sociais

© 2023 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.