Home Agronegócio Estoques de suco de laranja do Brasil atingem menor nível da série histórica, diz CitruBR

Estoques de suco de laranja do Brasil atingem menor nível da série histórica, diz CitruBR

Os estoques brasileiros de suco de laranja atingiram uma mínima histórica de 84.745 toneladas em 30 de junho, data que marca a passagem da safra 2022/2023 para 2023/24

por Reuters
0 comentário
Suco de Laranja

Os estoques brasileiros de suco de laranja atingiram uma mínima histórica de 84.745 toneladas em 30 de junho, data que marca a passagem da safra 2022/2023 para 2023/24, com uma restrição da oferta da fruta no maior produtor global, o Brasil, após safras afetadas pelo clima e também por doenças como o greening.

Os estoques de suco caíram 40,7% em relação ao volume de 143.104 toneladas (FCOJ Equivalente a 66 graus Brix) registrado no mesmo período do ano anterior, segundo levantamento realizado por auditorias independentes junto às maiores empresas do mundo e divulgado nesta quarta-feira pela associação de exportadores do Brasil, a CitrusBR.

Os estoques vêm tendo redução significativa nos últimos anos desde 2020, quando atingiram 471,1 mil toneladas em 30 de junho. Comparados a 2012, quando começa a série histórica da CitrusBR, o total estocado representa 12,8% dos estoques de mais de 660 mil toneladas daquela época.

Na safra 2022/23, o setor aumentou em 18% o volume processado da fruta em relação à safra anterior, para 265.292.217 caixas de 40,8 quilos, considerando membros e não membros da CitrusBR.

Com isso, a produção total de suco do Brasil na safra 2022/23 foi de 945.529 toneladas, alta de 15% em comparação com as 821.600 produzidas na safra anterior.

Por outro lado, a demanda pelo suco brasileiro cresceu em meio a problemas de produção em outros países, especialmente na Flórida, que também tem enfrentado queda na produção de laranjas por conta dos efeitos do greening.

Sobre Nós

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.  Saiba Mais

Mail Dinheirama

Faça parte da nossa rede “O Melhor do Dinheirama”

Redes Sociais

© 2023 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.