Home Economia e Política Estoques empresariais dos EUA aumentam além do esperado em agosto

Estoques empresariais dos EUA aumentam além do esperado em agosto

Os estoques do varejo aumentaram 1,0% em agosto, abaixo do 1,1%, estimado em relatório preliminar publicado no mês passado

por Reuters
0 comentário

Os estoques empresariais nos Estados Unidos aumentaram um pouco mais do que o esperado em agosto, mesmo com a alta nas vendas, o que sugere que o investimento em estoques pode impulsionar o crescimento econômico no terceiro trimestre.

Os estoques das empresas aumentaram 0,4%, depois de terem subido 0,1% em julho, informou o Departamento de Comércio nesta terça-feira. Os economistas consultados pela Reuters esperavam alta de 0,3%.

Os estoques, um componente importante do Produto Interno Bruto, aumentaram 1,0% em uma base anual em agosto.

O investimento em estoques privados foi neutro para o PIB no segundo trimestre, depois de ter sido um grande obstáculo nos três primeiros meses do ano. As estimativas de crescimento para o terceiro trimestre chegam a uma taxa anualizada de 5,1%. A economia cresceu 2,1% no trimestre de abril a junho.

As empresas estão administrando cuidadosamente os estoques em meio a expectativas de uma demanda mais fraca devido aos juros mais altos.

Os estoques do varejo aumentaram 1,0% em agosto, abaixo do 1,1%, estimado em relatório preliminar publicado no mês passado. Eles avançaram 0,5% em julho.

Os estoques do atacado caíram 0,1%, enquanto os estoques dos fabricantes aumentaram 0,3%.

As vendas das empresas subiram 1,3% em agosto, após terem aumentado 0,8% em julho. No ritmo de vendas de agosto, levaria 1,37 mês para as empresas esvaziarem as prateleiras, abaixo do 1,39 mês em julho.

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.