Estratégia básica para investir em açõesOs conceitos de suporte e resistência representam a base da Análise Técnica. Saber como identificá-los e como demarcá-los é algo de grande importância para os investidores[bb].

O suporte é definido como um nível de preços onde a pressão compradora supera a vendedora a ponto de interromper um movimento de baixa ou revertê-lo. Por sua vez, a resistência é uma região de preços onde a pressão vendedora supera a compradora gerando interrupção do movimento de alta ou uma reversão. Simplificando, suporte e resistência são regiões gráficas onde observamos inflexões no movimento dos preços.

Veja na ilustração abaixo exemplos de resistência e suporte. Ambos estão representados por linhas horizontais. Observe como são regiões onde ocorrem mudanças de direção no movimento dos preços.

Suporte, Resistência - Análise Técnica

Quando os preços conseguem superar uma resistência dizemos que ocorreu um rompimento da mesma (veja ilustração acima). O rompimento ocorre porque a pressão compradora que gerou o movimento de alta dos preços continua mais forte que a pressão vendedora, mesmo quando atinge a resistência – ou seja, o otimismo é grande e há muito mais agentes do mercado tentando comprar do que agentes desejando vender.

É básica a idéia de que, em qualquer mercado, quando temos mais compradores do que vendedores, ocorre uma valorização do objeto de negociação. Logo, se um papel chegou a romper uma resistência, encontramos uma evidência de que os preços se elevarão ainda mais devido ao fato de que a demanda pelo ativo é maior que a quantidade de ofertas de venda.

Por essa razão buscamos por oportunidades de compras no rompimento de resistências. Essa é a estratégia básica para abertura de posições, dentro de um leque de opções, que fazem parte de um sistema de investimentos[bb] baseado em análise de gráficos.

Como investidores que utilizam a Análise Técnica, conseguimos fazer uma leitura dos movimentos da massa de investidores e assim procuramos montar operações que acompanham seus passos. Em meu livro “Manual de Análise Técnica: Essência e Estratégias Avançadas” (Novatec Editora) ensino quais aspectos levar em consideração ao avaliar um rompimento e como analisá-los para encontrar oportunidades de iniciar operações com maior probabilidade de êxito.

Apesar de ser uma estratégia básica, é necessário avaliar uma série de fatores para evitar a compra de ações que estejam realizando falsos rompimentos de resistências, que podem resultar em prejuízos. Por outro lado, compras realizadas no rompimento de resistências com fatores que confirmam o padrão resultam numa maioria de operações muito lucrativas.

Crédito da foto para stock.xchng.

Avatar
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários