Home Investimentos Estratégia básica para investir em ações

Estratégia básica para investir em ações

por Marcos Abe
0 comentário

Estratégia básica para investir em açõesOs conceitos de suporte e resistência representam a base da Análise Técnica. Saber como identificá-los e como demarcá-los é algo de grande importância para os investidores[bb].

O suporte é definido como um nível de preços onde a pressão compradora supera a vendedora a ponto de interromper um movimento de baixa ou revertê-lo. Por sua vez, a resistência é uma região de preços onde a pressão vendedora supera a compradora gerando interrupção do movimento de alta ou uma reversão. Simplificando, suporte e resistência são regiões gráficas onde observamos inflexões no movimento dos preços.

Veja na ilustração abaixo exemplos de resistência e suporte. Ambos estão representados por linhas horizontais. Observe como são regiões onde ocorrem mudanças de direção no movimento dos preços.

Suporte, Resistência - Análise Técnica

Quando os preços conseguem superar uma resistência dizemos que ocorreu um rompimento da mesma (veja ilustração acima). O rompimento ocorre porque a pressão compradora que gerou o movimento de alta dos preços continua mais forte que a pressão vendedora, mesmo quando atinge a resistência – ou seja, o otimismo é grande e há muito mais agentes do mercado tentando comprar do que agentes desejando vender.

É básica a idéia de que, em qualquer mercado, quando temos mais compradores do que vendedores, ocorre uma valorização do objeto de negociação. Logo, se um papel chegou a romper uma resistência, encontramos uma evidência de que os preços se elevarão ainda mais devido ao fato de que a demanda pelo ativo é maior que a quantidade de ofertas de venda.

Por essa razão buscamos por oportunidades de compras no rompimento de resistências. Essa é a estratégia básica para abertura de posições, dentro de um leque de opções, que fazem parte de um sistema de investimentos[bb] baseado em análise de gráficos.

Como investidores que utilizam a Análise Técnica, conseguimos fazer uma leitura dos movimentos da massa de investidores e assim procuramos montar operações que acompanham seus passos. Em meu livro “Manual de Análise Técnica: Essência e Estratégias Avançadas” (Novatec Editora) ensino quais aspectos levar em consideração ao avaliar um rompimento e como analisá-los para encontrar oportunidades de iniciar operações com maior probabilidade de êxito.

Apesar de ser uma estratégia básica, é necessário avaliar uma série de fatores para evitar a compra de ações que estejam realizando falsos rompimentos de resistências, que podem resultar em prejuízos. Por outro lado, compras realizadas no rompimento de resistências com fatores que confirmam o padrão resultam numa maioria de operações muito lucrativas.

Crédito da foto para stock.xchng.

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.