Home Economia e Política EUA citam negociações “construtivas” com China sobre controle de armas

EUA citam negociações “construtivas” com China sobre controle de armas

Uma das principais prioridades dos EUA têm sido garantir que as intensas disputas entre as duas maiores economias do mundo

por Reuters
0 comentário
(Imagem: Reprodução/Mark Schiefelbein/Pool via REUTERS/Arquivo)

Os Estados Unidos disseram nesta terça-feira que tiveram conversas construtivas com a China esta semana sobre não-proliferação e controle de armas, como parte de um esforço para manter as linhas de comunicação abertas antes de uma possível reunião entre os líderes norte-americano e chinês neste mês. 

As negociações sobre controle de armas em Washington na segunda-feira, que uma autoridade norte-americana descreveu como as primeiras desde o governo Obama, foram lideradas pela secretária adjunta de Estado dos EUA, Mallory Stewart, e pelo diretor-geral do Ministério das Relações Exteriores da China, Sun Xiaobo.

Uma das principais prioridades dos EUA têm sido garantir que as intensas disputas entre as duas maiores economias do mundo e suas discordâncias sobre uma série de questões, do comércio com Taiwan e ao Mar da China Meridional, não se transformem em conflito.

Washington também está preocupado com a expansão do arsenal nuclear da China que, com cerca de 500 ogivas, segundo o Pentágono, permanece abaixo do poderio dos EUA e da Rússia, mas que alguns analistas acreditam que pode aumentar o risco de conflito.

“Os dois lados mantiveram uma discussão franca e aprofundada sobre questões relacionadas com o controle de armas e a não-proliferação como parte dos esforços contínuos para manter linhas de comunicação abertas e gerir de forma responsável a relação entre EUA e a RPC”, disse o Departamento de Estado dos EUA, usando a sigla para República Popular da China.

“Os Estados Unidos enfatizaram a importância de uma maior transparência nuclear da RPC e de um envolvimento substantivo em medidas práticas para gerir e reduzir os riscos estratégicos em vários domínios, incluindo o nuclear e o espaço exterior”, acrescentou.

“Esta reunião construtiva seguiu-se a recentes compromissos de alto nível”, disse ele, citando conversas em Washington entre o secretário de Estado dos EUA, Antony Blinken, o conselheiro de Segurança Nacional da Casa Branca, Jake Sullivan, e o principal diplomata da China, Wang Yi.

A embaixada chinesa em Washington disse não ter nenhum comentário imediato.

Sobre Nós

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.  Saiba Mais

Mail Dinheirama

Faça parte da nossa rede “O Melhor do Dinheirama”

Redes Sociais

© 2023 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.