Home Empresas Fabricantes de PCs apostam em IA para reaquecer vendas

Fabricantes de PCs apostam em IA para reaquecer vendas

"As conversas que estou tendo com os clientes são sobre 'como preparar meu PC para o que eu acho que está por vir em termos de IA e que será capaz de oferecer'", disse Sam Burd, presidente da divisão de PCs da Dell.

por Reuters
3 min leitura

 As empresas de PCs e microchips que tentam fazer com que os consumidores substituam notebooks comprados durante a pandemia ofereceram um novo recurso às multidões nesta semana durante a exposição de tecnologia CES em Las Vegas: inteligência artificial.

Os fabricantes de PCs e chips, incluindo AMD e Intel, estão apostando que as chamadas “unidades de processamento neural” (NPUs), agora encontradas nos designs de chips mais recentes, incentivarão os consumidores a comprarem novos notebooks de alto padrão. O acréscimo de recursos adicionais de IA poderia ajudar a tirar participação de mercado da Apple.

“As conversas que estou tendo com os clientes são sobre ‘como preparar meu PC para o que eu acho que está por vir em termos de IA e que será capaz de oferecer'”, disse Sam Burd, presidente da divisão de PCs da Dell.

Os fabricantes de chips criaram os NPU porque podem atingir um alto nível de desempenho para funções de IA com necessidades de energia relativamente modestas. Atualmente, há poucos aplicativos que podem tirar o máximo proveito dos novos recursos, mas outros estão chegando, disse David McAfee, vice-presidente corporativo da AMD.

Entre os poucos aplicativos que podem tirar proveito desses chips está o pacote de software de imagens da Adobe.

A Dell exibiu um notebook com uma tecla de IA, o primeiro botão que a Microsoft adicionou a um teclado Windows. A tecla “Copilot” ativa o software de IA generativo da Microsoft que pode ajudar com aplicativos e responder a perguntas. No momento, o novo botão convoca um Copilot baseado em computação em nuvem, que leva um tempo considerável para executar as tarefas.

“Se eu colocar esses mecanismos no PC, poderei ser mais rápido, com menor latência, e poderei fazer mais com esses mecanismos”, disse Burd.

Para transferir o Copilot para o PC, serão necessárias máquinas consideravelmente mais potentes do que as existentes atualmente, mesmo com os avançados chips de IA. No momento, os novos processadores estão incluídos nos laptops mais caros oferecidos pelos fabricantes de PCs que trabalham com chips Intel e AMD.

“No curto prazo, estaremos mais focados em PCs premium”, disse McAfee, acrescentando que os PCs com chips avançados de IA provavelmente custarão entre 800 e 1.200 dólares.

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.