Dia dos Pais no Dinheirama10 de agosto de 2008. Hoje é dia dos Pais. Mas, como assim? Todo dia é dia dos Pais, todo dia é dia das Mães e dos irmãos e irmãs. Este blog trata de dinheiro, economia e investimentos, você tem razão, mas trata também das experiências que o dinheiro não compra. Porque, juntos, dinheiro, experiência e emoção forjam nosso caráter e criam o verdadeiro cidadão. Afinal, todo dia é dia de celebrar, seja uma nova amizade, uma lição ou apenas a rentabilidade de nossas aplicações.

Gosto sempre de falar tudo aquilo que sinto e de escrever exatamente o que passa pela minha cabeça e coração. Se gosto de alguém, deixo isso claro sempre que posso. Se não gosto, ainda assim procuro aprender com seus gestos e tirar lições importantes de seu ponto de vista. Mas, “será que deixo sempre claro o quanto gosto de meu pai?” Este foi o pensamento que me assolou nesta data tão especial. Você anda fazendo esta reflexão?

Com este espírito, deixo aqui registrada minha mensagem ao meu pai, um homem sereno, tranqüilo, mas de olhar profundo e capaz de ensinar e explicar, pacientemente, tudo aquilo que a vida lhe deu. É um homem generoso, carinhoso, mas acima de tudo um pai firme e dedicado. Leia e estenda meus agradecimentos – em forma de carta – ao seu pai, certamente uma pessoa também muito especial.

Querido paizão. Neste dia tão importante, sinto-me atraído pela idéia de escrever-lhe mais do que apenas um simples cartão. Depois de tantos anos de aprendizado e dedicação, de um pai sempre correto, digno e amado, é o mínimo que posso fazer.

São muitas as palavras e sentimentos que populam minha cabeça e meu coração, mas são poucas as linhas e o espaço deste papel. Serei breve, mas sincero e verdadeiro: eu te amo! Amo, porque você é o exemplo de pessoa e cidadão que eu aprendi a admirar e celebrar. Amo, porque você é uma pessoa de princípios, que acredita no bem que todos somos capazes de proporcionar.

Amo, porque sua coragem e espírito colaborativo são trunfos que espelham a ainda incipiente carreira deste seu fã número um. Amo, porque mereço o melhor exemplo de competência e excelência, porque mereço você. Não é fácil ser filho de um homem tão admirado e de tamanho carisma. Não é fácil ser filho daquele que é tudo que eu quero ser e mais! Você permite que eu sonhe.

Assim, mais que apenas um presente-objeto, aqui deixo explícitas minhas emoções. Tudo, com um nobre, porém singelo objetivo: que minhas realizações, aspirações e conquistas sejam, para você, razão de muito orgulho e amor, como são as suas atitudes para este que é seu filho por natureza, mas também por opção. Porque eu te amo! Muito!

Do seu filho, Conrado.

O artigo valoriza aqueles que devem ser nossos maiores investimentos: o amor pela família, a sinceridade das emoções e dos sentimentos que recaem sobre aqueles que amamos. Hoje é dia dos Pais, é dia de celebrar a família, uma das razões para querermos, cada vez mais, aprender a lidar com nosso dinheiro de maneira mais inteligente. Pais do Brasil, parabéns!

Crédito da foto para stock.xchng.

Conrado Navarro
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários