Janeiro chegou! O período de férias é sempre uma delícia, mas, após gastos com presentes de Natal e as despesas típicas de início de ano, entreter os filhos fora da escola pode ser um desafio. Saber como garantir o entretenimento das crianças e adolescentes com programas divertidos, diferentes e baratos é a melhor maneira de começar 2016.

Segundo a psicóloga Lívia Borges, nesse momento os pais podem aproveitar para ir na contramão do consumismo, apostando em programas gratuitos e em tempo maior com a família.

Para a especialista, eles ficam muito presos a shopping ou colônia de férias, o que acaba deixando poucas opções para quem tem um poder aquisitivo menor. Por isso, a dica é usar a criatividade e procurar alternativas culturais gratuitas ou com tarifas reduzidas.

Uma ideia é verificar se em sua cidade a prefeitura ou alguma instituição oferecem atividades esportivas ou eventos culturais que sejam interessantes para a idade de seus filhos.

Esses lugares costumam organizar um dia de lazer com brincadeiras tradicionais como amarelinha, esconde-esconde e pega-pega, que já não são tão comuns para as crianças atuais, acostumadas com jogos eletrônicos.

O importante é movimentar as crianças e tirá-las da frente da TV, do computador e dos celulares, estimulando a convivência com outras pessoas, fazendo novas amizades e conhecendo lugares diferentes. E, o melhor, gastando pouco nestes tempos de dinheiro escasso.

E-book gratuito recomendado: Como falar sobre dinheiro com o seu filho

Confira outras sugestões:

  • Combine com outros pais de organizar um chá de bonecas ou piquenique no parque ou praça perto de casa;
  • Arrume o armário de brinquedos e leve o que não se usa mais para uma instituição carente;
  • Faça brinquedos com sucata e produtos recicláveis e ensine os pequenos a cuidar do meio ambiente;
  • Ensine seu filho a andar de bicicleta ou patins;
  • Promova uma caça ao tesouro em casa, espalhe pistas e deixe a criança explorar os cômodos;
  • Organize uma feirinha de troca de brinquedos entre amigos ou vizinhos;
  • Deixe o seu filho ajudar na cozinha, separando os ingredientes para um bolo, por exemplo;
  • Assista a desenhos antigos e clássicos com seu filho. Converse sobre as aventuras dos personagens e o desfecho das histórias;
  • Incentive a leitura de histórias, seja ela feita por você ou pela própria criança;
  • Estimule seu filho a praticar um esporte em equipe ou ao ar livre.

Janeiro é um mês cheio de compromissos financeiros, um pouco de “ressaca” da virada de ano, muito planejamento para o ano que começa, mas é também um período em que podemos passar mais tempo com nossas crianças. Aproveite bastante isso!

Leitura recomendadaFestas infantis: diversão de verdade para as crianças ou ostentação dos pais?

Foto “Family vacation”, Shutterstock.

Isabella Abreu
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários