Home Comprar ou Vender FIIs de lajes corporativas: veja 4 que valem a pena em cenário desafiador

FIIs de lajes corporativas: veja 4 que valem a pena em cenário desafiador

Os retornos recentes desses fundos refletem a complexidade do ambiente, enquanto transações envolvendo escritórios continuam em alta

por Gustavo Kahil
0 comentário
São Paulo Lajes Corporativas

A recente análise do mercado de fundos imobiliários de lajes corporativas realizada pelo Itaú BBA revela um cenário desafiador para os investidores, marcado por proventos baixos, patamares elevados de alavancagem e dados de mercado pouco inspiradores.

Os retornos recentes desses fundos listados em Bolsa refletem a complexidade do ambiente, enquanto transações envolvendo escritórios continuam em alta, especialmente nas regiões premium da cidade de São Paulo.

Valores expressivos e vacância

Os melhores ativos de São Paulo atingem cifras impressionantes, com destaque para o Pátio Victor Malzoni, avaliado em R$ 60 mil/m², e o The One, transacionado por mais de R$ 35 mil/m². Apesar de meses de queda na vacância, a cidade registrou dois trimestres consecutivos de aumento, afetando também as regiões premium.

Evolução do estoque total (m²) x Taxa de vacância – São Paulo

Fonte: Itaú BBA

No entanto, estas se mantiveram abaixo dos 10% de vacância, indicando que os proprietários possuem poder de barganha durante as negociações.

“Essas regiões continuam sendo nossas preferidas, mesmo diante das mudanças no cenário,” afirmam os analistas Marcelo Potenza e Larissa Gatti Nappo.

Valorização e desafios no Rio de Janeiro: tendências menos favoráveis

No Rio de Janeiro, a situação permanece desafiadora, com uma vacância acima de 30% e uma curva de preço médio pedido em tendência de queda.

Evolução do Preço Pedido (R$/m²) – Rio de Janeiro

“O cenário na capital fluminense mudou pouco, com a curva de vacância lateralizada e dados pouco conclusivos quando analisamos a Orla e a Zona Sul separadamente,” observa o relatório.

No entanto, há uma tendência clara de aumento no preço pedido de aluguel nas melhores localidades de São Paulo, atingindo de R$ 300/m² a R$ 400/m².

Perspectivas de ganho de capital, mas atenção ao curto prazo

Os FIIs de lajes corporativas continuam descontados, apresentando oportunidades de ganho de capital. No entanto, os analistas alertam que, tirando aqueles com exposição majoritária a ativos bem localizados, o curto prazo pode não ser tão animador.

“Apesar das teses de ganho de capital, é crucial considerar a dinâmica do mercado e a qualidade dos ativos para uma tomada de decisão informada,” concluem Potenza e Nappo.

Recomendações

FundoDividend Yield AnualVacânciaP/VPRecomendação
AIEC1115,60%0%0,61Venda
BRCR118,50%21,70%0,58Neutro
GTWR1111,70%0%0,85Neutro
HGPO116,60%5,20%0,91Compra
HGRE117,30%27,70%0,83Neutro
JSRE117,70%6,90%0,63Neutro
KNRI117,50%3,10%1Compra
PVBI118,30%8,30%1Compra
RBRP116,60%28%0,62Compra
RCRB116,50%8,80%0,7Neutro
RECT1111,10%9,60%0,47Venda
SARE1111,30%4,60%0,51Neutro
VINO119,40%4,90%0,7Neutro
XPPR116,30%45%0,27Venda

Sobre Nós

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.  Saiba Mais

Mail Dinheirama

Faça parte da nossa rede “O Melhor do Dinheirama”

Redes Sociais

© 2023 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.