Home Economia e Política Fim de ano: números da economia, crescimento e expectativas

Fim de ano: números da economia, crescimento e expectativas

por Ricardo Pereira
0 comentário

Fim de ano: números da economia, crescimento e expectativasO ano vai chegando ao fim, mas nem por isso deixamos de lado nosso compromisso de manter você, nosso leitor, ciente de tudo o que vem acontecendo na economia do Brasil e do mundo.

Por isso, mais uma vez pedimos ao amigo e parceiro Alvaro Bandeira, Economista-Chefe e Sócio da Órama, que preparasse um novo vídeo com tudo o que de mais relevante foi divulgado nos últimos dias sobre o assunto.

Durante o vídeo, Alvaro comentou sobre a divulgação do Índice de Atividade Econômica do Banco Central, o IBC-BR, que apontou crescimento acima do esperado para o trimestre em relação ao crescimento do PIB. O número de 0,77% foi motivo de comemoração no governo.

Ainda no vídeo foi abordado o resultado da última pesquisa Focus, que apontou novos números que o mercado espera para o PIB. A expectativa é de crescimento de 2,3% em 2013 e de 2,01% para 2014.

O aumento da arrecadação também merece destaque na análise do Alvaro, demonstrando como os números podem ser estranhos em momento de baixo crescimento.

Assista ao vídeo:

https://www.youtube.com/watch?v=EEK87N5ZdGU

Fique de olho

Se você quiser assistir a outros vídeos sobre o mercado, mantenha-se sempre fiel a nossas publicações e assista ao material produzido e veiculado na TV Órama (clique aqui para assistir) ou diretamente no Blog da Órama. Até a próxima.

Foto “Tablet with chart”, Shutterstock.

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.