Home Finanças Pessoais Financiamento para reforma: conheça as opções

Financiamento para reforma: conheça as opções

Financiamento para reforma é um tipo de crédito oferecido por bancos e instituições financeiras para quem deseja reformar um imóvel

por Blog do Serasa
0 comentário

Fazer um financiamento para reforma parece muitas vezes a única alternativa na hora de repaginar uma casa ou apartamento. E não é para menos.

Nos últimos tempos, o custo dos materiais de construção e da mão de obra aumentou significativamente.

Para se ter ideia, segundo a Fundação Getulio Vargas (FGV), o Índice Nacional de Custo da Construção (INCC-10) que verifica os preços de materiais, equipamentos, mão de obra e serviços está acumulado em +1,63% em 2024, conforme dados divulgados em 16 de maio. Em 12 meses, o índice registrou variação de +3,77%. 

Esses dados, na prática, revelam que reformar ou construir, de fato, tem se tornado ainda mais desafiador. Nesse cenário, recorrer a crédito no mercado para esse fim é um caminho possível para tirar os projetos do papel.

Neste artigo, confira opções de financiamento para reforma e entenda se vale a pena contratar empréstimo para começar (e finalizar) uma obra em um imóvel.

O que é e como funciona o financiamento para reforma

Financiamento para reforma é um tipo de crédito oferecido por bancos e instituições financeiras para quem deseja reformar um imóvel para moradia. Geralmente reformas de pontos comerciais não são permitidas nessa modalidade de crédito.

Como qualquer financiamento, o de reforma costuma contar com prazos de pagamento longos (podem chegar a 35 anos), são liberados ou não somente após análise de crédito feita pela instituição financeira e oferecem taxas de juros mais baixas quando comparadas a um empréstimo pessoal.

Obrigatoriamente o dinheiro emprestado precisa ser utilizado para custear a compra de materiais de construção, mão de obra e outros serviços relacionados à reforma.

Construção, Reformas
(Imagem: Blog do Serasa)

Depois, o dinheiro emprestado, acrescido de juros e outras taxas, é devolvido ao banco em parcelas mensais.

Cada instituição financeira tem suas próprias regras em relação às especificações do financiamento para reforma.

Por exemplo, algumas podem exigir que a pessoa solicitante seja de fato a proprietária do imóvel. ou que não possua outro imóvel no local ou região em que mora ou pretende morar após a reforma.

Quatro opções de crédito para financiar uma reforma

Algumas das principais modalidades de crédito para reformar a casa sem gastar muito são:

Financiamento para reforma: É um tipo de financiamento exclusivo para construção e reforma.

Esse produto bancário permite financiar a compra dos materiais de construção necessários para a realização da obra. Geralmente a compra dos materiais de construção deve ser realizada somente em lojas credenciadas.

Empréstimo com garantia de imóvel: O empréstimo com garantia de imóvel é também conhecido como home equity.

É considerado uma das modalidades de crédito que aplicam as menores taxas de juros.Isso acontece porque, quando se toma empréstimo colocando um imóvel como garantia de pagamento da dívida, consequentemente o risco de inadimplência é menor.

De forma geral, o valor a ser emprestado pode chegar até a 60% do valor do imóvel. É uma opção interessante também porque, ao contrário do financiamento, não obriga o consumidor a revelar o objetivo do empréstimo. 

Empréstimo com garantia de veículo: Essa modalidade funciona como a anterior. A diferença é que o bem deixado como garantia é o carro, não o imóvel.

Nesse caso, o valor máximo para a tomada do crédito tende a ser menor, já que carros custam menos que casas e o crédito liberado é proporcional ao valor do bem. Além disso, o prazo de pagamento costuma ser também em menor tempo, normalmente, 24 meses.

Empréstimo consignado: O empréstimo consignado também funciona como uma espécie de crédito com garantia e as taxas de juros também são consideravelmente menores que as aplicadas em outras modalidades de crédito.

Nessa modalidade, o salário fica como garantia de pagamento da dívida e a parcela é descontada diretamente do holerite.

    Vantagens e desvantagens de fazer um financiamento para reforma

    Confira as principais vantagens e desvantagens de contratar um financiamento para reforma.

    Vantagens

    Permite realizar reformas de grande porte, mesmo que não se tenha todo o dinheiro disponível no momento.

    Oferece prazos longos para pagamento, facilitando o planejamento financeiro.

    Pode ser utilizado para financiar reformas em diversos tipos de imóveis residenciais, como casas, apartamentos e quitinetes.

    Desvantagens

    É necessário dar entrada no financiamento, geralmente um percentual do valor total da reforma.

    O imóvel pode ficar alienado em favor do banco ou instituição financeira enquanto o financiamento não for quitado.

    O uso do crédito liberado fica restrito aos custos com a reforma e mão de obra dos serviços (nem todas as modalidades oferecem a opção de compra de utensílios, móveis e itens de decoração).

    Como conseguir um empréstimo para reforma ou construção

    Assim como em outras modalidades, para conseguir um empréstimo para reforma ou construção, será necessário passar por diversas etapas de análise, onde a instituição financeira entenderá se vale a pena conceder o crédito. São elas:

    análise de crédito;

    proposta da instituição financeira;

    assinatura do contrato.

    Como escolher o melhor crédito para reforma

    O melhor crédito ou financiamento para reforma ou construção é aquele que oferece o valor necessário para realizar a obra do começo ao fim, com os menores juros.

    Para decidir qual a melhor oferta, é necessário comparar propostas de diversas instituições.

    Confira as principais instituições que oferecem a modalidade de empréstimo para construção ou financiamento para reforma.

    Santander – UseCasa (empréstimo com garantia de imóvel).

    Creditas – empréstimo para construção.

    Bradesco – crédito imobiliário para construção ou reforma.

    Caixa Econômica Federal – crédito imobiliário para construção ou reforma.

    Banco do Brasil – cediário para aquisição de material de construção.

    Itaú — Financiamento Construção Itaú (crédito imobiliário).

    Dicas para planejar financeiramente uma reforma

    Confira dicas de como planejar uma reforma.

    Defina o escopo da reforma.

    Liste os materiais utilizados.

    Calcule os custos da mão de obra.

    Calcule o preço total da obra, mas considere uma porcentagem extra para imprevistos.

    Utilize um simulador de financiamento para entender quanto custa uma reforma.

    Dicas para conseguir um financiamento para reforma

    Para aumentar as chances de conseguir um financiamento para reforma ou outro tipo de crédito, é importante ter os seguintes cuidados:

    Mantenha um bom histórico de crédito.

    Consulte o Serasa Score regularmente.

    Apresente toda a documentação exigida pelo banco ou instituição financeira.

    Peça um valor suficiente para arcar a reforma do começo ao fim.

    Escolha o crédito mais apropriado para o objetivo.

    Compare as taxas de juros e condições oferecidas por diferentes instituições financeiras.

    Tenha dinheiro guardado para a entrada e imprevistos.

    Afinal, vale a pena fazer financiamento para reforma?

    É preciso considerar a real necessidade da reforma e o contexto financeiro de cada pessoa ou família para avaliar se vale a pena contratar um financiamento para reforma.

    Em geral, o financiamento costuma ser um produto de crédito interessante, já que oferece juros relativamente baixos e prazos confortáveis de pagamento.

    Ainda assim, qualquer decisão de tomada de crédito requer cautela (crédito consciente).

    Na hora de escolher a melhor instituição, é fundamental lembrar de observar toda e qualquer taxa que será cobrada e todo o valor imputado ao consumidor e analisar também o custo efetivo total (CET) do empréstimo.

    Além disso, tenha em mente que, por mais que sejam caras, as reformas, além de melhorarem a qualidade de vida das pessoas que residem na casa, ainda podem impactar positivamente no valor do imóvel.

    O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.

    © 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

    O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

    O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.