Home Empresas Fleury tem lucro líquido de R$ 174,2 mi no 3° tri, alta de 81,4% em base anual

Fleury tem lucro líquido de R$ 174,2 mi no 3° tri, alta de 81,4% em base anual

O Fleury, dono da marca homônima e de outros selos como a+, teve receita líquida de 1,9 bilhão de reais no trimestre

por Reuters
0 comentário

A empresa de medicina diagnóstica Fleury (FLRY3) registrou lucro líquido de 174,2 milhões de reais no terceiro trimestre, um aumento de 81,4% na comparação ano a ano, impactado pela receita advinda de Hermes Pardini, companhia adquirida neste ano, segundo balanço divulgado nesta quinta-feira.

Analistas, em média, esperavam lucro líquido de 157,2 milhões de reais, com base em dados da LSEG.

O Fleury completou a aquisição do Pardini no fim de abril, o que torna esse o primeiro trimestre completo com os resultados conjuntos.

A empresa estima gerar Ebitda incremental anual entre 200 milhões e 220 milhões de reais com a transação até meados de 2026, conforme já divulgado.

“De uma maneira geral, a parte de capturas de sinergias (com Pardini) está de acordo com o planejado”, disse à Reuters a presidente do Fleury, Jeane Tsutsui. A empresa tem cerca de 60 iniciativas de integração em andamento.

A executiva afirmou que, por exemplo, o alto comando das companhias já foi integrado, assim como certos serviços prestados a laboratórios, enquanto o processo que envolve a combinação de áreas técnicas que fazem os processamentos de exames e análises clínicas leva mais tempo e se estenderá pelo próximo ano.

O Fleury, dono da marca homônima e de outros selos como a+, teve receita líquida de 1,9 bilhão de reais no trimestre, disparada de 63,1% ano a ano.

Na base “pro forma”, não auditada e que considera os ativos de Pardini no mesmo período de 2022 para dar comparabilidade, a alta foi de 11,8%, com crescimento de faturamento em todas as linhas de negócio.

No principal serviço prestado pela companhia, o de atendimento e exames em medicina diagnóstica ao consumidor final, a receita bruta subiu 9,2% na base pro forma.

(Imagem: Gustavo Kahil/ Dinheirama)
(Imagem: Gustavo Kahil/ Dinheirama)

A empresa citou, no relatório de resultados, indícios de ganho de participação de mercado com a marca Fleury em São Paulo e de seus selos no Rio de Janeiro.

Nos serviços prestados a hospitais e laboratórios, a receita bruta pro forma cresceu 3,1%, para 462,6 milhões de reais.

O Fleury teve lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda), ajustado pelas despesas da combinação de negócios, de 506 milhões de reais, contra expectativa média de analistas de 496 milhões de reais, com base em dados da LSEG.

O resultado representa um salto de 52,2% contra o mesmo período de 2022 na base contábil, e avanço de 16% na versão pro-forma, enquanto a margem Ebitda ficou em 27,1% no trimestre, de 29% e 26,1%, respectivamente.

Tsutsui disse que o terceiro trimestre tem uma sazonalidade mais positiva, pelo menor número de feriados. “Tradicionalmente, temos um quarto trimestre com um impacto maior” disse ela, mencionando que pacientes costumam viajar no fim de ano, o que tira algum fluxo das clínicas.

As despesas gerais e administrativas do Fleury subiram 25%, para 125,2 milhões de reais, no trimestre encerrado em setembro, na comparação anual, mas caíram 3,7% na versão pró-forma, diante de fatores como a redução de pessoal.

Sobre Nós

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.  Saiba Mais

Faça parte da nossa rede “O Melhor do Dinheirama”

Redes Sociais

© 2023 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.