Home Esportes Fórmula 1: Verstappen mantém na Arábia Saudita sequência de 9 vitórias

Fórmula 1: Verstappen mantém na Arábia Saudita sequência de 9 vitórias

Charles Leclerc, da Ferrari, terminou em terceiro lugar, recebendo um ponto de bônus pela volta mais rápida e conquistando seu primeiro pódio da temporada

por Reuters
3 min leitura

O tricampeão mundial Max Verstappen venceu o Grande Prêmio da Arábia Saudita neste sábado, com a Red Bull dando continuidade ao seu início dominante na temporada de Fórmula 1 com a segunda vitória em duas corridas.

O mexicano Sergio Pérez foi o segundo colocado sob os holofotes de Jeddah. O vencedor do ano passado levou a bandeira quadriculada 13,643 segundos atrás de seu companheiro de equipe.

A vitória foi a nona consecutiva de Verstappen e a 56ª da carreira do piloto holandês de 26 anos. Foi a primeira vez que ele venceu as duas primeiras corridas de uma temporada. No ano passado ele registrou o recorde de vitórias em uma temporada, vencendo em 19 dos 22 GPs.

Foi ainda seu 100º pódio na Fórmula 1, enquanto a 115ª vitória da Red Bull a colocou à frente da Williams, em quarto lugar na lista de todos os tempos.

“No geral, foi um fim de semana fantástico para toda a equipe e para mim. Eu me senti muito bem com o carro e foi a mesma coisa na corrida”, disse Verstappen.

Charles Leclerc, da Ferrari, terminou em terceiro lugar, recebendo um ponto de bônus pela volta mais rápida e conquistando seu primeiro pódio da temporada.

O britânico Oliver Bearman, que fez sua estreia na F1 como o mais jovem estreante da Ferrari, com 18 anos e 305 dias, depois que o espanhol Carlos Sainz foi afastado por apendicite, terminou em sétimo e foi eleito o Piloto do Dia.

“Hoje ele foi incrível”, disse Leclerc sobre seu companheiro de equipe temporário. “É extremamente impressionante e tenho certeza de que ele está muito orgulhoso. Todo mundo já percebeu o quanto ele é talentoso e tenho certeza de que é apenas uma questão de tempo até que ele esteja na F1.”

Oscar Piastri, da McLaren, foi o quarto colocado, com Fernando Alonso em quinto pela Aston Martin e George Russell em sexto pela Mercedes.

Lando Norris, da McLaren, foi o oitavo colocado e Lewis Hamilton, heptacampeão mundial, foi o nono pela Mercedes, com Nico Hulkenberg conquistando o último ponto para a Haas.

O safety car foi acionado na sétima volta, depois que Lance Stroll, da Aston Martin, bateu no muro e depois se chocou contra as barreiras.

O canadense saiu ileso enquanto todos os pilotos, com exceção de quatro, incluindo Norris e Hamilton, foram para os boxes.

Norris, que mais tarde foi inocentado de uma suspeita de queimar a largada, liderou quando o safety car voltou aos boxes na volta 9, mas Verstappen já aparecia à frente na volta 13 e se distanciando.

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.