Montar um negócio próprio é um sonho de muitas pessoas. Existem diversos modelos e tipos de negócios próprios, cada um com suas vantagens e desvantagens. O modelo de franquias, por exemplo, é um dos mais procurados, trazendo diversos benefícios para quem deseja ser empreendedor.

O que são as franquias?

As franquias estão entre as melhores opções para quem deseja empreender. Este modelo de negócio permite a utilização de uma marca já estabelecida no mercado e uma das grandes vantagens deste tipo de negócio é a possibilidade de se ter acesso a um sistema de suporte para aprender a realizar toda a gestão e operação.

Em algumas franquias, existe também a troca de informações entre franqueado e franqueador, permitindo a participação e contribuição para o desenvolvimento do sistema. O empreendedor poderá fazer uso da marca através do pagamento das taxas de franquia e também aproveitar o marketing institucional que é feito pelo franqueador.

Além disso, ter uma franquia traz a segurança de se montar um negócio já testado e estruturado no mercado, auxiliando no seu crescimento. No entanto, antes de escolher a franquia como modelo de negócios é importante buscar maiores informações sobre as características da empresa e também sobre as suas características como empreendedor.

Leitura recomendada: Como escolher a melhor franquia

Conheça a seguir, alguns pontos a serem observados antes de investir em uma franquia:

1. Avalie as franquias disponíveis

Existem franquias em diversos ramos e setores, trazendo possibilidades para todos os tipos de empreendedores. Se possível, faça uma visita a outros franqueados, busque informações em relação aos números do negócio e também em relação à forma de trabalho entre franqueado e franqueador.

2. Analise suas características pessoais

Depois de escolher as franquias que estejam mais de acordo com seus objetivos, verifique o seu perfil pessoal. Confira se a operação do negócio exige alguma habilidade ou experiência específica e veja se você está preparado para tanto. Descubra se esta franquia atende às suas necessidades e objetivos de médio e longo prazo. Existe identificação com os produtos ou serviços da franquia? Analisar se a empresa se encaixa no seu perfil é fundamental.

3. Verifique todos os custos da franquia

Verifique quais os custos que deverão ser pagos por você e quais serão pagos pelo franqueador. Avalie os custos com reformas e instalações, estoque inicial, taxas de franquia, capital de giro, entre muitos outros.

4. Verifique os serviços de suporte e apoio

Outro item importante são todos os recursos oferecidos aos franqueados sobre treinamentos, informações e quaisquer modelos de suporte e apoio ao empreendedor. Este item é fundamental para o seu sucesso.

5. Verifique todos os aspectos jurídicos

A análise dos contratos e documentos é muito importante para evitar quaisquer surpresas ou interpretações erradas na hora de se adquirir a franquia. Busque a orientação de algum advogado especializado em franquias antes de fechar o negócio. Precaver-se desde o início é fundamental.

6. Analise as possibilidades de crescimento

A empresa oferece a remuneração que você busca? Quanto tempo você precisará dedicar ao negocio? A empresa oferece possibilidades de crescimento? Analise seus objetivos no longo prazo e veja se a franquia oferece o que você está buscando.

Leitura recomendada: Franquias: os melhores e piores setores para investir

Conclusão

As franquias são ótimas opções para quem deseja ser empreendedor, sendo importante, porém, analisar alguns pontos antes de se decidir por este modelo. Lembre-se que o tamanho dos seus sonhos pode definir o tamanho do seu sucesso, mas a atenção aos detalhes na escolha, execução e gestão do negócio é que farão mesmo toda diferença. Até a próxima!

Foto: Sorbis | Shutterstock.

Ricardo Pereira
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários