Home Agronegócio Frigol eleva abates de bovinos no 3º tri, demanda menor da China impacta resultado

Frigol eleva abates de bovinos no 3º tri, demanda menor da China impacta resultado

A Frigol destacou o número de abates, que aumentou 21% na comparação com o terceiro trimestre de 2022

por Reuters
0 comentário

 A Frigol, um dos maiores grupos frigoríficos do Brasil, encerrou o terceiro trimestre com resultados mais fracos na comparação anual em meio a uma menor demanda da China, apesar de um aumento de abates de bovinos após investimentos para ampliar a capacidade.

A receita líquida no período somou 781 milhões de reais, enquanto o lucro líquido foi de 13 milhões de reais, e a geração de caixa medida pelo Ebitda atingiu 48 milhões de reais, com margem de 6,2%.

“Os investimentos que fizemos no aumento de produção possibilitaram ganhar mais eficiência e contribuíram para termos um período de margens positivas, tanto no mercado interno quanto externo, com o melhor Ebitda do ano”, disse o CEO da empresa, Eduardo Miron, em nota.

No comparativo com o terceiro trimestre de 2022, a receita líquida registrou queda de 18%, o lucro líquido ficou 59% abaixo e o Ebitda 27% menor.

A empresa informou alta de 3,6% na receita líquida em relação ao segundo trimestre deste ano.

A Frigol destacou o número de abates, que aumentou 21% na comparação com o terceiro trimestre de 2022, após a ampliação da capacidade produtiva nas três plantas de bovinos da companhia, localizadas em Lençóis Paulista (São Paulo), Água Azul do Norte e São Félix do Xingu (ambas no Pará).

“Apesar de volume de abate superior, as receitas foram reduzidas pela precificação de venda da carne que sofrem impacto pela queda no preço da arroba”, disse o CFO da Frigol, Eduardo Masson.

Segundo ele, “a demanda do mercado chinês e o dólar mais baixo, ante o mesmo período do ano passado, também impactaram a receita com exportações, que mesmo assim representaram 54% das vendas no período”.

A companhia encerrou o terceiro trimestre com caixa de 306 milhões de reais, 26% maior do que o registrado ao fim do segundo trimestre.

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.