Home Finanças Pessoais Frutas da estação: como elas podem ser aliadas das finanças

Frutas da estação: como elas podem ser aliadas das finanças

Como as frutas da estação contribuem para uma alimentação saudável sem comprometer o orçamento familiar

por Blog do Serasa
0 comentário

Uma alimentação saudável é essencial para o bem-estar físico e mental de qualquer pessoa. Embora geralmente seja associada a custos elevados, isso nem sempre é verdade.

As frutas da estação são um exemplo disso. Além de serem mais baratas, oferecem diversos benefícios à saúde e podem ser incorporadas de diversas formas na alimentação diária.

Entenda por quê.

O que são as frutas da estação

As frutas da estação são aquelas colhidas no tempo certo, de forma natural, respeitando sua sazonalidade. Isso as torna mais acessíveis e saudáveis, sem interferências químicas ou humanas excessivas, o que contribui para uma alimentação saudável.

Como essas frutas costumam ter oferta maior, o preço tende a ser menor em comparação com as frutas fora de época. Assim, além de saudáveis, são opções econômicas.

O Brasil tem uma variedade enorme de frutas que variam conforme o clima e a região do país. Por exemplo:

VerãoMelancia, manga, banana, coco verde, caju, jaca, abacaxi, maracujá, maçã, laranja, figo, goiaba, uva, limão, pera, ameixa, pitanga.
Outonomamão, abacate, caqui, figo, kiwi, laranja, maçã, limão, banana, pera, graviola, uva, manga.
Invernoabacaxi, laranja, mexerica, morango, caju, kiwi, carambola, maçã, pera, limão.
Primaveracereja, framboesa, lichia, pêssego, melão, melancia, graviola, banana-prata, caju, abacaxi, mamão, romã, tangerina, uva, damasco, manga, jaca, jabuticaba, figo, amora, morango, pitanga.

Além do preço mais acessível, há outros benefícios que as frutas da estação também oferecem. Conheça alguns deles.

Oferecem nutrientes essenciais

Frutas colhidas no tempo certo têm mais nutrientes essenciais para a saúde, como vitaminas, minerais e antioxidantes. Isso acontece porque elas amadurecem de forma natural e não são submetidas a processos artificiais para acelerar o amadurecimento.

Fora da estação ideal de plantio, as frutas costumam ser cultivadas em estufas e podem exigir a adição de agrotóxicos, pesticidas e fertilizantes para seu desenvolvimento, o que pode afetar o seu valor nutricional.

Frutas como laranja e acerola, típicas do inverno, por exemplo, são ricas em vitamina C, que fortalece o sistema imunológico. Frutas vermelhas, como morango e cereja, abundantes na primavera, são conhecidas por suas propriedades antioxidantes.

Têm mais sabor

Frutas da estação também podem apresentar um sabor mais intenso e fresco, pois são colhidas no momento ideal de maturação. Assim, não são utilizados hormônios que forçam a planta a dar frutos fora da época ideal. Além disso, elas também não precisam ser transportadas por longas distâncias, o que ajuda a preservar seu sabor natural.

São mais sustentáveis

As frutas da estação também são mais sustentáveis, já que seguem seu processo natural de desenvolvimento, sem a necessidade de forçar essa produção com uso de substâncias e produtos químicos.

Além disso, é possível dar tempo ao solo para que recupere os nutrientes de forma natural entre um cultivo e outro. Isso não só gera alimentos mais saudáveis, como também reduz consideravelmente o impacto ambiental

Permitem o apoio à economia local

Por serem frescas, as frutas da estação costumam ser vendidas a menores distâncias dos locais onde são cultivadas. Isso permite que os consumidores possam contribuir para a economia local, comprando dos pequenos produtores que atuam na própria região.

Dicas para aproveitar as frutas da estação e economizar ainda mais

Existem várias maneiras de incluir as frutas da estação na alimentação diária e, com isso, garantir um consumo saudável e saboroso.

A opção mais óbvia é consumi-las in natura, ou seja, ao natural, como lanche ou sobremesa, mas também é possível adicioná-las junto a saladas, sucos, vitaminas, geleias, bolos e tortas. Em dias quentes, uma boa ideia é congelar algumas frutas para o preparo de sorvetes ou picolés naturais.

  • Não importa como serão consumidas, as frutas da estação são sempre uma ótima, nutritiva e barata opção para se alimentar diariamente. Para economizar ainda mais, confira mais algumas dicas:
  •  
  • ● Dê prioridade para fazer as compras em feiras livres, sacolões ou diretamente com produtores locais, que têm frutas mais frescas e costumam praticar preços ainda mais acessíveis.
  • ● Acompanhe promoções dos supermercados, que podem oferecer descontos em frutas da estação. Observe bem o odor, a coloração e a consistência da fruta no momento da aquisição para evitar levar para casa algo estragado.
  • ● Faça o armazenamento correto para evitar desperdício (se for o caso, congele e prepare receitas com picolé).
  • ● Diversifique o consumo e experimente comer frutas de diferentes formas, como in natura, em saladas, sucos ou sobremesas, para aproveitar ao máximo seus nutrientes e benefícios.

Sobre Nós

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.  Saiba Mais

Assine a newsletter “O Melhor do Dinheirama”

Redes Sociais

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.