Muita gente no Brasil continua considerando a caderneta de poupança como o melhor investimento do país. Na realidade, a popular poupança, levando em conta o atual cenário econômico, está longe de ser apontada como tal. Como atualmente a Taxa Selic está acima de 8,5% ao ano, a rentabilidade da poupança é de 0,5% ao mais TR, o que no final de 12 meses oferece uma rentabilidade próxima de 7%.

Atualmente, boa parte dos analistas já prevê em 2015 inflação superior a 7%, o que significa dizer que o dinheiro “investido” na poupança está perdendo seu poder de compra. A pergunta que todos no mercado se fazem é justamente por quê, mesmo com essa realidade, muitos brasileiros ainda continuam a colocar suas economias na poupança?

A resposta parece muito mais um condicionamento cultural do que algo ligado à estratégia de investimentos. Infelizmente, no Brasil ainda são poucas as pessoas que decidem ter uma postura verdadeiramente ativa no trato com as finanças e os poucos que conseguem ver o dinheiro ainda sobrar no final do mês acabam optando (em boa parte) pelo investimento mais popular.

Fuja da poupança!

Para tratar com propriedade sobre o assunto, os amigos da Empiricus Research, parceiros de conteúdo do Dinheirama, criaram um material especial, gratuito e detalhado sobre o assunto, um relatório gratuito que trata de forma séria e responsável as principais dúvidas que boa parte das pessoas possuem sobre o tema:

  • Quem investe na poupança está perdendo quanto de dinheiro?
  • Existe risco real do governo confiscar a poupança?
  • Quais as melhores alternativas para investir?

Recebe o relatório gratuitamente

Muitos investidores acabam optando por investimentos errados por falta de informação. Ao ter acesso gratuito ao relatório “Fuja da Poupança” (clique para receber), você entenderá de fato os motivos que fazem esse investimento não apresentar nem mesmo a oportunidade de proteção do patrimônio.

Faça diferente da maioria, municie-se com informações de qualidade e passe a tomar o controle de finanças, fazendo melhores escolhas para multiplicar seu patrimônio. Até a próxima!

Nota: Esta coluna é mantida pela Empiricus, que contribui para que os leitores do Dinheirama possam ter acesso a conteúdo gratuito de qualidade.

Foto “Right choice”, Shutterstock.

Parceiro de Conteúdo
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários