Home Comprar ou Vender Fundos Imobiliários: Santander lança duas novidades para fevereiro

Fundos Imobiliários: Santander lança duas novidades para fevereiro

O Santander selecionou o fundo imobiliário TGAR11 como parte de sua carteira recomendada para fevereiro: veja o porquê

por Gustavo Kahil
0 comentário
(Imagem: Unsplash/ Ian Talmacs)

O time de análise do Santander realizou duas mudanças e incluiu um novo fundo imobiliário em sua carteira recomendada para fevereiro, mostra um relatório enviado a clientes.

A novidade no portfólio é o TG Ativo Real (TGAR11), que já fez parte da seleção do banco e foi sendo removido ao passo em que o ativo foi gerando ganho de capital.

“Vale lembrar que a nossa estratégia é buscar FIIs que são bons pagadores de rendimentos, montar posição quando estão com deságio ou preço justo, e ir realizando aos poucos os ganhos de capital para alocar em outros FIIs que pagam yields próximos e que estão mais baratos”, explica Flávio Pires, analista de FIIs.

Segundo ele, dado sua última reavaliação patrimonial, resultando em uma variação positiva de 10,95% do patrimônio líquido do FII, o TGAR11 passou a negociar com preço atrativo de entrada.

“Além disso, com uma recente captação de novos recursos, adicionando ao caixa R$ 616 milhões, o Fundo poderá ampliar a diversificação de sua estratégia investindo em equity para desenvolvimento”, explica.

A outra movimentação na carteira foi o aumento da exposição ao Valora Hedge Fund (VGHF11), que entrou em janeiro.

Para acomodar as alterações, o Santander decidiu realizar parte dos ganhos com os FIIs BTLG11 e XPML11 e reduzir marginalmente os pesos de outros.

Sobre Nós

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.  Saiba Mais

Faça parte da rede “O Melhor do Dinheirama” com as melhores análises e notícias

Redes Sociais

© 2023 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.