Home Agronegócio Futuros da soja sobem após mínima de três anos, milho amplia recuperação

Futuros da soja sobem após mínima de três anos, milho amplia recuperação

O maio da soja de mais ativo fechou em alta de 4,5 centavos a 11,4525 dólares por bushel

por Reuters
0 comentário
(Imagem: Reprodução/ 6734180/Pixabay)

Os futuros da soja na bolsa de Chicago fecharam em alta devido a “short-covering” e compras técnicas na quarta-feira, com o mercado se recuperando depois que o contrato do primeiro mês atingiu o menor nível em três anos, disseram analistas.

Os futuros do milho também avançaram numa recuperação face a mínimas recentes de três anos, enquanto os futuros do trigo caíram sob a pressão de abundante produção russa.

A ampla oferta global e a concorrência pelos negócios de exportação de grãos e soja dos Estados Unidos limitaram os ganhos, disseram analistas.

Assessores e consultores de investimentos ganham R$ 15.000/mês; saiba como seguir carreira

Os futuros da soja caíram mais cedo, uma vez que a oferta mais barata da América do Sul tornou a soja dos EUA menos competitiva a nível global.

“Os fundamentos do mercado de soja são em sua maioria baixistas”, disse Tomm Pfitzenmaier, analista da Summit Commodity Brokerage. “No entanto, pequenas altas para corrigir uma condição de sobrevenda como vimos no início da semana são certamente possíveis.”

O contrato março da soja CBOT fechou em alta de 2,75 centavos a 11,34 dólares por bushel, depois de cair anteriormente para 11,2475 dólares.

Isso correspondeu a uma mínima atingida na segunda-feira que foi o preço mais baixo para futuros próximos desde novembro de 2020.

O maio da soja de mais ativo fechou em alta de 4,5 centavos a 11,4525 dólares por bushel.

O milho mais ativo terminou em alta de 5 centavos a 4,285 dólares por bushel e atingiu seu preço mais alto desde 14 de fevereiro. O trigo CBOT caiu 9,5 centavos para 5,7475 dólares.

Sobre Nós

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.  Saiba Mais

Mail Dinheirama

Faça parte da nossa rede “O Melhor do Dinheirama”

Redes Sociais

© 2023 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.