Home Empresas Gol diz que controladora iniciou discussões com Azul

Gol diz que controladora iniciou discussões com Azul

A Gol e a Azul são, respectivamente, a segunda e a terceira maiores companhias aéreas do Brasil em receita por passageiro por quilômetro

por Reuters
0 comentário

A Gol (GOLL4) disse nesta terça-feira que sua holding controladora Abra informou à empresa que iniciou discussões com a Azul (AZUL4) para “explorar oportunidades”, conforme comunicado ao mercado.

A Abra, detentora de mais de 50% do capital social da Gol, também é o maior credor garantido da companhia aérea, que está em recuperação judicial nos Estados Unidos.

A Gol acrescentou em seus esclarecimentos ao mercado que um “eventual acordo” do Grupo Abra com a Azul não seria vinculante para a companhia.

A Gol e a Azul são, respectivamente, a segunda e a terceira maiores companhias aéreas do Brasil em receita por passageiro por quilômetro, uma medida de tráfego.

Cada uma tem cerca de 30% de participação no mercado doméstico, atrás dos 40% da Latam, segundo dados da Anac.

Ambas as companhias aéreas anunciaram na semana passada um acordo de codeshare que engloba mais de 150 destinos, criando mais de 2.700 oportunidades de viagens com apenas uma conexão, movimento bem recebido por analistas e que levou as ações das empresas a dispararem no dia seguinte ao anúncio.

A Gol reforçou nesta terça-feira que pretende conduzir junto a assessores um processo competitivo por meio do qual “avaliarão propostas de financiamento de saída e quaisquer transações alternativas viáveis e competitivas”.

(Imagem: GOL Linhas Aéreas)
(Imagem: GOL Linhas Aéreas)

Isso incluiria oportunidades apresentadas por potenciais fontes de capital próprio e de dívida, segundo a empresa.

“No entanto, a companhia esclarece que o processo competitivo acima mencionado ainda não foi iniciado; e nenhuma negociação com a intenção de concluir uma transação foi iniciada pela companhia, com qualquer terceiro”, acrescentou.

A Gol relevou na segunda-feira seu plano financeiro de cinco anos para sair da recuperação judicial e melhorar seus resultados, com previsão de aumento de capital de 1,5 bilhão de dólares e refinanciamentos de 2 bilhões de dólares em dívida.

Veja o documento:

Dinheirama

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.