Home Esportes Gol no último minuto classifica Inglaterra para final da Euro

Gol no último minuto classifica Inglaterra para final da Euro

Phil Foden, Jude Bellingham e Bukayo Saka estavam jogando com a qualidade que mostraram a temporada inteira por seus clubes

por Reuters
0 comentário

Ollie Watkins saiu do banco de reservas e marcou o gol da vitória nos acréscimos para classificar a Inglaterra para sua segunda final consecutiva de Eurocopa, nesta quarta-feira, finalmente mostrando o que pode fazer no torneio ao vencer a Holanda, por 2 x 1, em Dortmund.

Com a prorrogação parecendo iminente, Watkins recebeu um passe de Cole Palmer, que também saiu do banco de reservas, e acertou um belo chute cruzado.

Xavi Simons havia colocado a Holanda à frente com um gol brilhante logo aos sete minutos de jogo. A Inglaterra empatou 11 minutos depois, com Harry Kane cobrando pênalti.

Houve várias chances de gol em um primeiro tempo cheio de ação, mas a partida se acalmou no segundo, antes do drama no fim enviar a Inglaterra para enfrentar a Espanha na final da Euro, em Berlim, no domingo.

Foi um começo frenético, com Simons desarmando Declan Rice e marcando um golaço no canto alto e, embora a Muralha Laranja atrás do gol tenha entrado em erupção, acabou sendo um pouco fogo de palha.

A Inglaterra empatou quando Kane foi atingido pelas travas da chuteira de Denzel Dumfries em uma finalização dentro da área, ganhando um pênalti analisado pelo VAR que o atacante inglês mandou no canto rasteiro.

Phil Foden, Jude Bellingham e Bukayo Saka estavam jogando com a qualidade que mostraram a temporada inteira por seus clubes, e o incrível Kobbie Mainoo, de 19 anos, comandava o meio-campo como se fosse um veterano.

Foi uma transformação até difícil de acreditar para um time que mal havia finalizado contra Eslovênia, Eslováquia e Suíça, mandando cruzamentos altos e baixos, tentando bolas enfiadas e até alguns toques de calcanhar dentro da área, exigindo três defesas difíceis do goleiro Bart Verbruggen.

A Holanda tirou Wout Weghorst do banco de reservas para o segundo tempo, e a Inglaterra introduziu Luke Shaw, mas o time inglês pareceu perder energia e começou a jogar de maneira mais contida.

Ollie Watkins chuta para marcar o gol da vitória da Inglaterra contra a Holanda
Ollie Watkins chuta para marcar o gol da vitória da Inglaterra contra a Holanda (Imagem: Reuters/Piroschka Van De Wouw)

Foi preocupante para os torcedores que viram o mesmo padrão acontecer na semifinal da Copa do Mundo de 2018 contra a Croácia e na decisão da Euro 2020 contra a Itália, nas quais a Inglaterra foi forçada a recuar após dominar no começo.

Mas, desta vez, o técnico Gareth Southgate tomou medidas dramáticas ao retirar Foden e Kane para as entradas de Watkins e Palmer, aos 35 minutos do segundo tempo.

Palmer então encontrou o passe para Watkins no lance decisivo da partida.

Foi de partir o coração para os holandeses, que agora perderam quatro semifinais desde que conquistaram o título em 1988.

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.