Home Empresas Google, Meta e Qualcomm se unem para ecossistemas digitais abertos

Google, Meta e Qualcomm se unem para ecossistemas digitais abertos

Chamado de Coalition for Open Digital Ecosystems (CODE), o grupo disse que quer promover plataformas e sistemas mais abertos para impulsionar o crescimento e a inovação na Europa

por Reuters
0 comentário
(Imagem: Reprodução/REUTERS/Dado Ruvic/Ilustração)

Google, Meta, Qualcomm e sete outras empresas de tecnologia anunciaram nesta quarta-feira uma parceria para a promoção de ecossistemas digitais abertos em resposta às novas regras de tecnologia da União Europeia, em um movimento que também pode levar a uma possível legislação futura.

Chamado de Coalition for Open Digital Ecosystems (CODE), o grupo disse que quer promover plataformas e sistemas mais abertos para impulsionar o crescimento e a inovação na Europa.

O grupo disse que trabalhará com acadêmicos, autoridades de política monetária e empresas sobre a abertura digital e como isso pode ser alcançado na Europa “por meio da implementação da Lei dos Mercados Digitais (DMA) e em futuros desenvolvimentos da estrutura regulatória da UE”.

A DMA exige que os gatekeepers – gigantes da tecnologia que controlam o acesso às suas plataformas – permitam que terceiros interoperem com os serviços do próprio gatekeeper e que seus usuários comerciais promovam suas ofertas e celebrem contratos com seus clientes fora da plataforma do gatekeeper.

“Nos últimos meses, tivemos várias conversas sobre o que é ‘bom’ quando se trata de ecossistemas digitais na Europa, o que promove a inovação e o que terá um impacto positivo na competitividade. Acreditamos que a abertura é o elemento crucial”, disse o fundador da Lynx, Stan Larroque, em um comunicado.

Outros membros do grupo são a fabricante chinesa de dispositivos eletrônicos Honor, a chinesa Lenovo, a startup francesa de realidade aumentada Lynx, a fabricante norte-americana de equipamentos de telecomunicações Motorola, a fabricante britânica de eletrônicos Nothing, a empresa norueguesa de tecnologia Opera e a provedora alemã de serviços de mensagens Wire.

A Coalizão afirmou que seu objetivo é abrir ecossistemas digitais por meio da colaboração entre setores e promover conectividade contínua e sistemas interoperáveis, entre outros.

Sobre Nós

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.  Saiba Mais

Mail Dinheirama

Faça parte da nossa rede “O Melhor do Dinheirama”

Redes Sociais

© 2023 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.