Home Empresas Google resolve ação de US$ 5 bi sobre privacidade do consumidor nos EUA

Google resolve ação de US$ 5 bi sobre privacidade do consumidor nos EUA

Nem o Google nem os advogados dos consumidores autores da ação responderam imediatamente aos pedidos de comentários

por Reuters
0 comentário
Google

O Google (GOOGL; GOOG; GOGL34) , da Alphabet, concordou em resolver uma ação judicial alegando que a empresa rastreava secretamente o uso da internet de milhões de pessoas que pensavam estar navegando de forma privada.

A juíza Yvonne Gonzalez Rogers, do Tribunal Distrital dos Estados Unidos em Oakland, Califórnia, suspendeu nesta quinta-feira um julgamento agendado para 5 de fevereiro de 2024 de uma ação coletiva, depois que advogados do Google e dos consumidores disseram ter chegado a um acordo preliminar.

O processo buscava pelo menos 5 bilhões de dólares. Os termos do acordo não foram divulgados, mas os advogados disseram que concordaram com uma proposta vinculante por meio de mediação e esperam apresentar um acordo formal para aprovação judicial até 24 de fevereiro de 2024.

Nem o Google nem os advogados dos consumidores autores da ação responderam imediatamente aos pedidos de comentários.

Os autores alegaram que as análises, cookies e aplicativos do Google permitiam que a unidade da Alphabet rastreasse sua atividade, mesmo quando configuravam o navegador Chrome do Google para o modo “incógnito” e outros navegadores para o modo de navegação “privada”.

Eles afirmaram que isso transformou o Google em uma “coletânea incontrolável de informações”, permitindo à empresa conhecer seus amigos, hobbies, comidas favoritas, hábitos de compras e “coisas potencialmente embaraçosas” que procuram online.

Sobre Nós

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.  Saiba Mais

Mail Dinheirama

Faça parte da nossa rede “O Melhor do Dinheirama”

Redes Sociais

© 2023 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.