Home Esportes Hamilton diz que Ferrari será novo capítulo em sua história na F1

Hamilton diz que Ferrari será novo capítulo em sua história na F1

"Tenho um ótimo relacionamento com Fred", disse Hamilton. "Quando ele conseguiu o cargo na Ferrari, fiquei muito feliz por ele"

por Reuters
0 comentário
(Imagem: Reprodução/X´s/@LewisHamilton)

Lewis Hamilton afirmou que decidiu deixar a Mercedes e se juntar à Ferrari em 2025 porque a oportunidade apareceu e ele queria escrever um novo capítulo em sua história na Fórmula 1.

O heptacampeão mundial, o piloto mais bem-sucedido do esporte com 103 vitórias, falou aos repórteres durante os testes de pré-temporada no Barein nesta sexta-feira pela primeira vez desde que sua mudança foi anunciada em 1º de fevereiro.

Hamilton, que não vence uma corrida desde 2021, assinou uma prorrogação de dois anos com a Mercedes apenas em agosto passado e lhe perguntaram o que havia mudado para que ele ativasse uma cláusula de rompimento.

“Naquela ocasião, eu via meu futuro com a Mercedes”, disse ele. “Mas surgiu uma oportunidade no final do ano e eu decidi aproveitá-la.”

“Obviamente, foi a decisão mais difícil que eu acho que já tive de tomar. Estou com a Mercedes há 26 anos, eles me apoiaram e tivemos uma jornada absolutamente incrível juntos.”

“Fizemos história no esporte e tenho muito orgulho do que conquistamos.”

“Mas, no final das contas, estou escrevendo minha história e… era hora de começar um novo capítulo”, completou.

Hamilton disse que nunca esteve em Maranello, a fábrica da Ferrari, porque não teria sido um “bom visual” para um piloto da Mercedes, e que seu italiano se resumia a algumas frases aprendidas quando andava de kart na Itália, quando era criança.

Ele lembrou que, quando jovem, disputava um jogo de computador como Michael Schumacher, heptacampeão mundial com a Ferrari, no carro vermelho.

“É uma equipe que não tem tido muito sucesso desde os tempos de Michael, e eu vejo isso como um grande desafio”, declarou ele.

O piloto de 39 anos também sempre gostou dos carros esportivos da Ferrari e comprou o seu primeiro em 2010 como recompensa pelo seu sucesso na McLaren. Desde então, o britânico vendeu o carro.

A nomeação do francês Fred Vasseur, um velho amigo da época em que corria para ele na categoria júnior e que assumiu o cargo de diretor da Ferrari no ano passado, foi fundamental para a mudança.

“Tenho um ótimo relacionamento com Fred”, disse Hamilton. “Quando ele conseguiu o cargo na Ferrari, fiquei muito feliz por ele.”

“Isso (mudança) realmente não teria acontecido sem ele, então estou muito grato e muito animado com o trabalho que ele está fazendo lá.”

Hamilton, único piloto negro no grid de largada, disse que sua campanha pela diversidade continuará na Ferrari e que ele já havia discutido planos.

“Ainda há uma enorme quantidade de trabalho em todo o esporte, e estou conversando com Stefano (Domenicali) constantemente e procurando trabalhar mais com a Fórmula 1”, afirmou ele.

“A Ferrari tem muito trabalho a fazer, então já fiz disso uma prioridade ao falar com o (presidente) John (Elkann), e eles estão super empolgados para começar e trabalhar nisso também.”

Sobre Nós

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.  Saiba Mais

Mail Dinheirama

Faça parte da nossa rede “O Melhor do Dinheirama”

Redes Sociais

© 2023 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.