Há algumas semanas eu conheci um daqueles raros jovens que cavam cedo as suas oportunidades, e quando elas aparecem, não perdem tempo (nem reclamam das dificuldades).

O nome dele é Renan Almeida, e nos conhecemos em uma de minhas visitas na Rico.com.vc. Conversamos sobre vários assuntos, mas o que me chamou a atenção foi a sua trajetória até aquele momento, onde ele trabalhava como estagiário ao lado de analistas de investimento sêniores, como Leandro Martins e Roberto Indech.

Então pedi a ele para publicarmos uma breve entrevista sobre sua trajetória aqui no Dinheirama, como uma forma de incentivar outros jovens a adotarem uma visão semelhante, e sempre lutar para conquistar uma vida com melhor qualidade.

Lembro você que o dinheiro é um instrumento poderoso para auxiliar nesta conquista, desde que seja bem utilizado. Este é papel da educação financeira.

Renan, conte um pouco de sua história e de sua relação com os estudos e seus planos profissionais.

Renan Almeida: Eu tenho 19 anos, e nasci na cidade de São José dos Campos/SP. A minha família sempre teve poucas condições financeiras, e não pôde me manter em uma escola particular. Frequentei todo o ensino fundamental em escolas públicas.

Apesar disso, sempre gostei muito de desenvolver projetos e terminava por me destacar dos outros colegas. A primeira grande recompensa foi quando desenvolvi um projeto na área de ciências, no 9º ano do ensino fundamental, e fui convidado a conhecer o atual presidente da NASA no INPE (Instituto nacional de pesquisas espaciais) em São José dos Campos.

A experiência foi fantástica, e muito gratificante. Ali eu pensava que a ciência seria a minha escolha profissional.

E como foi essa virada de cientista para estudante de administração?

R.A.: Pois é… No ano seguinte àquela minha experiência no INPE, consegui uma bolsa integral para o ensino médio no Colégio Embraer/SJC. Então, aquela empolgação com a área científica se enfraqueceu e foi dando lugar para interesses mais políticos.

No segundo ano do ensino médio eu ganhei outra bolsa, agora para ficar uma semana em Brasília, representando o colégio em uma simulação da Cúpula da Organização das Nações Unidas (ONU), e comecei a me interessar por economia.

Através desse projeto, decidi ingressar no Insper, uma faculdade voltada para negócios e mercado financeiro. Atualmente estou no segundo semestre do curso de Administração, mas meu objetivo é cursar a dupla-titulação de Economia e Administração, já que a grade curricular permite isso.

Ao ouvir sua história vejo uma forte relação entre seu esforço pessoal, sua grande iniciativa em criar e liderar novos projetos, e as oportunidades que você criou e outras que surgiram e você agarrou rapidamente. Gosto muito desse perfil. Como você foi parar ao lado de feras como o Leandro e o Beto Indech?

R.A.: É… A vida não é fácil para a maioria das pessoas. Tem que fazer acontecer (risos). Na faculdade, assim como todas as escolas por onde passei, continuei realizando projetos, e um dos deles resultou na minha participação como membro do núcleo estatístico em investimentos de impacto do Insper.

renan

Como a faculdade possui período integral, os alunos só podem estagiar nas férias. Então, em dezembro de 2015, conheci a Rico.com.vc, que me deu a oportunidade de estagiar entre Janeiro e Fevereiro de 2016.

Após conhecer todas as áreas da corretora, eu me encantei com análise de ações e pude escolher trabalhar com os analistas Roberto Indech e Leandro Martins.

Nestes meses de estágio, recebi uma proposta para desenvolver um projeto que gerasse resultado positivo para a corretora. Tivemos a ideia de realizar algo que conectasse o aluno universitário com o mercado financeiro, por meio da corretora Rico.

Leitura recomendadaAs oportunidades não são iguais para todos, por isso, lute!

Como aconteceu mais este projeto, que como nos outros ao longo de sua vida estudandil, também chamou a atenção dos envolvidos?

R.A.: Estruturamos um campeonato universitário de traders, envolvendo os alunos de Economia, Administração e Engenharia do Insper. O campeonato teve 57 inscritos em sua primeira edição e foi realizado durante o mês de maio.

Os participantes contavam com apostilas de estudos disponibilizadas no início do desafio e acompanhamento diário do “Ponto a Ponto”, com Leandro Martins, e o Call de Fechamento, com o Roberto Indech.

Depois dos estudos e acompanhamento, os candidatos poderiam montar seu portfólio de ações, distribuindo um valor simulado de 100 mil Reais e escolher até 5 ações para montar suas carteiras.

Como o objetivo deste projeto era fomentar o aprendizado tanto da análise técnica como da fundamentalista, estruturamos um campeonato do tipo swing trade (operações que iniciam no começo da semana e terminam ao final).

Todos os candidatos tinham acesso a uma planilha, que contabilizava automaticamente e em tempo real, a variação das carteiras de todos os alunos, e ao lado, o ranking atualizado, com a rentabilidade de cada um.

Durante as três semanas do desafio, no final de cada pregão, nós enviávamos um relatório com as ações escolhidas pelos participantes e também com o “aluno destaque” do dia. Assim eles podiam entender com base em fundamentos o porquê da escolha certa ou errada da ação em sua carteira.

O primeiro lugar do campeonato obteve na última semana uma rentabilidade de 11,8%, e como premiação, terá um estágio de férias na corretora Rico, além de uma cópia autografada do livro “Aprenda a Investir” do Leandro Martins.

O segundo e terceiro lugar também foram premiados com um curso sobre mercado financeiro e um almoço com os analistas da corretora. Devido aos resultados positivos para a faculdade e para a corretora, o campeonato terá mais edições e pretende-se que seja expandido às outras universidades.

Histórias como a sua só reforçam que quando estamos dispostos a pagar o preço por aquilo que desejamos alcançar, de forma honesta e criando bons relacionamentos ao longo do percurso, o resultado é sempre positivo, tanto no curto quanto no longo prazo. Deixe umas palavras finais para nossos leitores, tanto jovens quando os mais maduros, como eu.

R.A.: Não desistam de seus sonhos, e lutem muito para conquistá-los. Se você errar ou decidir mudar de rumo no meio do caminho, porque percebeu que há coisas melhores e que fazem mais sentido para você, faça isso.

Aprenda cedo a cuidar do seu dinheiro. Nesse ponto a equipe do Dinheirama faz um excelente trabalho, propagando a educação financeira com ótimos materiais (e gratuitos)! Por fim, não tenha preguiça de estudar. O conhecimento é a chave para um futuro melhor. Obrigado e um abraço a todos os leitores!

Ebook gratuito recomendadoTer uma Vida Rica Só Depende de Você

Giovanni Coutinho
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários