Home Economia e Política Holanda e Dinamarca se comprometem a entregar caças F-16 à Ucrânia

Holanda e Dinamarca se comprometem a entregar caças F-16 à Ucrânia

Zelenskiy chamou a decisão de "acordo inovador" e declarou que os aviões ajudariam a fortalecer as defesas aéreas da Ucrânia

por Reuters
0 comentário
Presidente ucraniano, Volodymyr Zelenskiy, e premiê da Dinamarca, Mette Frederiksen, sentados em caça F-16

A Holanda e a Dinamarca fornecerão caças F-16 para a Ucrânia, com as primeiras entregas previstas para o Ano Novo, anunciaram os primeiros-ministros dos dois países da Otan neste domingo durante visitas do presidente ucraniano, Volodomyr Zelensky.

A promessa é a primeira real de caças F-16 para as Forças Armadas da Ucrânia e ocorre alguns dias depois que os Estados Unidos aprovaram a possível entrega dos caças pelos dois países.

Zelenskiy chamou a decisão de “acordo inovador” e declarou que os aviões ajudariam a fortalecer as defesas aéreas da Ucrânia e a contra-ofensiva do país após a invasão russa em 2022.

A Dinamarca entregará 19 jatos no total, com os seis primeiros a serem enviados para a Ucrânia no Ano Novo, seguidos por oito em 2024 e cinco no ano seguinte, disse a primeira-ministra dinamarquesa, Mette Frederiksen.

“Sabemos que sua liberdade é nossa liberdade. Também sabemos que você precisa de mais armas”, disse Frederiksen durante uma coletiva de imprensa conjunta com Zelenskiy na base aérea de Skrydstrup, na Dinamarca.

“É por isso que estamos anunciando que estamos doando 19 caças F-16”, disse ela.

A Holanda tem 42 F-16 disponíveis, mas ainda não decidiu se todos serão doados, disse o primeiro-ministro holandês, Mark Rutte, neste domingo, durante a visita de Zelenskiy ao país.

A Holanda e a Dinamarca lideraram um esforço de meses para treinar pilotos ucranianos para pilotar F-16 e, finalmente, entregar os jatos para ajudar a combater a superioridade aérea da Rússia, cujas forças invadiram a Ucrânia em fevereiro de 2022.

O ministro da Defesa da Ucrânia, Oleksiy Reznikov, disse no sábado que o treinamento para pilotos ucranianos havia começado, mas levaria pelo menos seis meses e possivelmente mais para treinar engenheiros e mecânicos.

Frederiksen disse que mais de 70 militares ucranianos chegaram à Dinamarca para treinamento. Funcionários de uma coalizão de 11 nações disseram que o treinamento acontecerá na Dinamarca e na Romênia.

A Ucrânia disse que espera que dezenas de pilotos sejam treinados. Não ficou claro quantos pilotos chegaram à Dinamarca.

Tanto a Holanda quanto a Dinamarca têm F-16 disponíveis para doação, já que suas forças armadas estão fazendo a transição para novos caças F-35.

No sábado, Zelenskiy esteve na Suécia, onde discutiu a possibilidade de receber jatos Gripen.

Sobre Nós

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.  Saiba Mais

Mail Dinheirama

Faça parte da nossa rede “O Melhor do Dinheirama”

Redes Sociais

© 2023 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.