Home Empresas HP cresce com demanda por servidores de IA

HP cresce com demanda por servidores de IA

A receita de servidores aumentou 18% em relação ao ano anterior, para 3,9 bilhões de dólares no segundo trimestre encerrado em 30 de abril

por Reuters
0 comentário

A ação da Hewlett Packard Enterprise (HPQ) subiu cerca de 14% nas negociações de pré-abertura do mercado depois que a empresa previu receita de terceiro trimestre acima das estimativas de Wall Street, ajudada pela crescente demanda por servidores otimizados para aplicações de inteligência artificial.

Os prazos de entrega da empresa – a duração entre o início e a conclusão de um processo – para entregar máquinas com chips da Nvidia (NVDANVDC34) com tecnologia de IA estão agora entre seis semanas e 12 semanas, disse o presidente-executivo, Antonio Neri.

Analistas da Bernstein disseram que isso sugere um potencial para que a HPE e a rival Dell Technologies tenham “vendas muito fortes no próximo trimestre ou nos próximos dois, à medida que cumprem a carteira de pedidos”.

A HPE deverá acrescentar cerca de 3 bilhões de dólares ao seu valor de mercado se os ganhos pré-mercado se mantiverem, depois de impressionar os investidores com resultados trimestrais otimistas.

Pelo menos oito analistas elevaram preços-alvo para as ações para um valor entre 19 e 23  dólares após os resultados. A Hewlett Packard é negociada a 8,9 vezes suas estimativas de lucro futuro para 12 meses, em comparação com 16,5 da Dell e 23,1 da Super Micro Computer.

A HPE previu receita de 7,4 bilhões a 7,8 bilhões de dólares para o terceiro trimestre, em comparação com a estimativa dos analistas de 7,46 bilhões, de acordo com dados da Lseg.

A receita de servidores aumentou 18% em relação ao ano anterior, para 3,9 bilhões de dólares no segundo trimestre encerrado em 30 de abril. O faturamento com servidores de IA mais que dobrou, chegando a 900 milhões de dólares, e a carteira de pedidos foi de 3,1 bilhões.

Dinheirama

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.