Home Economia e Política Hungria compra caças suecos e prepara aprovação de adesão da Suécia à Otan

Hungria compra caças suecos e prepara aprovação de adesão da Suécia à Otan

A Hungria foi o último membro da aliança militar a resistir ao histórico pedido de adesão da Suécia, feito em 2022, após a invasão da Ucrânia pela Rússia

por Reuters
0 comentário

A Hungria disse nesta sexta-feira que assinou um acordo para comprar quatro caças suecos Saab JAS Gripen, enquanto Budapeste finalmente se prepara para aprovar a proposta de adesão da Suécia na Otan após quase dois anos de adiamentos.

A Hungria foi o último membro da aliança militar a resistir ao histórico pedido de adesão da Suécia, feito em 2022, após a invasão da Ucrânia pela Rússia.

O primeiro-ministro húngaro, Viktor Orbán, que cedeu na semana passada dizendo que o Parlamento votará a ratificação na segunda-feira, reuniu-se com o primeiro-ministro sueco, Ulf Kristersson, e disse que havia conseguido “reconstruir a confiança”.

A Hungria comprará os jatos e expandirá um contrato de logística relacionado, disse Orbán. Atualmente, a Hungria aluga aeronaves Gripen por um contrato assinado em 2001.

“Não apenas manteremos nossa capacidade de defesa aérea, mas a aumentaremos… o que significa que nosso compromisso com a Otan será fortalecido, assim como nossa participação nas operações conjuntas da Otan”, disse Orbán em uma coletiva de imprensa conjunta com Kristersson.

Kristersson disse que recebeu bem o acordo. “Como você sabe e eu sei, não concordamos com tudo, mas concordamos que devemos cooperar sempre que possível”, disse ele, ao lado de Orbán.

O premiê húngaro, cujo governo nacionalista mantém laços econômicos estreitos com a Rússia, adiou repetidamente a ratificação, citando queixas sobre a Suécia ter criticado a Hungria em relação ao seu histórico de Estado de Direito.

O pedido de adesão da Suécia à Otan — uma grande mudança em relação a décadas de não alinhamento militar — também foi inicialmente impedido pela Turquia, que acusou o governo sueco de apoiar o que chamou de grupos terroristas.

Quando o presidente da Turquia, Tayyip Erdogan, sinalizou em julho que daria sinal verde para a Suécia, os Estados Unidos disseram que avançariam com a transferência de caças F-16 para a Turquia em consulta com o Congresso.

Sobre Nós

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.  Saiba Mais

Mail Dinheirama

Faça parte da nossa rede “O Melhor do Dinheirama”

Redes Sociais

© 2023 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.