Home Economia e Política IBC-Br fica estagnado em novembro e frustra expectativas para atividade

IBC-Br fica estagnado em novembro e frustra expectativas para atividade

Na comparação com o mesmo mês do ano anterior, o IBC-Br teve alta de 2,19%, enquanto no acumulado em 12 meses passou a um avanço de 2,31%, de acordo com números observados

por Reuters
0 comentário

A economia brasileira seguiu a passos lentos na metade do quarto trimestre de 2023 e ficou estagnada em novembro, mostraram nesta sexta-feira dados do Banco Central que corroboram a perspectiva de fraqueza no final do ano passado.

Em novembro, o Índice de Atividade Econômica do BC (IBC-Br) teve variação positiva de 0,01% na comparação com o mês anterior, segundo dado dessazonalizado do indicador que é um sinalizador do Produto Interno Bruto (PIB).

O resultado do mês ficou bem abaixo da expectativa em pesquisa da Reuters de avanço de 0,10%, mas interrompe três meses seguidos em território negativo.

Os dados mostram ainda que houve queda mais intensa da atividade em outubro, uma vez que o BC revisou o dado do IBC-Br para aquele mês a uma retração de 0,18%, de queda de 0,06% informada antes.

Na comparação com o mesmo mês do ano anterior, o IBC-Br teve alta de 2,19%, enquanto no acumulado em 12 meses passou a um avanço de 2,31%, de acordo com números observados.

Depois de surpreender no primeiro semestre de 2023 e mostrar resiliência no terceiro trimestre, analistas avaliam que a economia brasileira teria terminado o ano rondando a estagnação em meio aos efeitos dos juros elevados, ainda que o mercado de trabalho se mantenha apertado e a inflação tenha arrefecido.

O Banco Central passou a reduzir a Selic em agosto, depois de a taxa básica de juros ter chegado a 13,75%, levando-a ao atual patamar de 11,75%. A autoridade monetária volta a se reunir no final deste mês, com expectativa de novo corte de 0,5 ponto percentual.

O IBC-Br apresentou estagnação em novembro apesar de dados do IBGE terem mostrado que tanto a indústria quanto o varejo e os serviços tiveram resultados positivos.

A produção industrial apresentou avanço de 0,5% em relação ao mês anterior, enquanto as vendas varejistas avançaram 0,1% e o volume de serviços teve em novembro alta de 0,4%.

A última pesquisa Focus realizada pelo BC com especialistas mostra que o mercado vê expansão do PIB este ano de 1,59%, com a Selic a 9,0%.

O IBC-Br é construído com base em proxies representativas dos índices de volume da produção da agropecuária, da indústria e do setor de serviços, além do índice de volume dos impostos sobre a produção.

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.