Home Mercados Ibovespa: Veja os 11 destaques de hoje; Minerva salta 9%

Ibovespa: Veja os 11 destaques de hoje; Minerva salta 9%

por Reuters
0 comentário

O Ibovespa (IBOV) fechou com um acréscimo discreto nesta quinta-feira, com ações de frigoríficos entre as maiores altas, com destaque para Minerva (BEEF3), enquanto Petrobras (PETR4) continuou pressionando negativamente, em meio a receios sobre a estratégia da estatal após a troca do comando da companhia.

Índice de referência do mercado acionário brasileiro, o Ibovespa subiu 0,2%, a 128.283,62 pontos, tendo marcado 128.965,46 pontos na máxima e 127.922,45 pontos na mínima do dia, véspera de vencimento de opções sobre ações na bolsa paulista.

O volume financeiro somou 23,5 bilhões de reais.

Na visão da Ágora Investimentos, uma performance mais positiva do Ibovespa tem sido limitada pela crescente percepção de risco político-fiscal, diante das intervenções na Petrobras e planos do governo para socorrer o Rio Grande do Sul ainda que esses valores não sejam contemplados mais na meta fiscal.

Em Wall Street, o S&P 500 fechou em baixa de 0,2%, depois de renovar máxima intradia mais cedo, com o mercado apostando em dois cortes de 0,25 ponto percentual na taxa de juros pelo Federal Reserve este ano, movimento que tende a favorecer mercados emergentes, como é o caso do Brasil.

Destaques

Petrobras (PETR4) caiu 2,84%, ainda afetada por receios de investidores com potenciais reflexos da mudança no comando após decisão do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que busca com a nova presidente acelerar investimentos no comando da estatal, para que a empresa seja a principal indutora de emprego e renda no país.

Vale (VALE3) subiu 0,73%, com o avanço dos futuros do minério de ferro na China, com notícias de que as autoridades chinesas estão considerando a compra pelo governo de imóveis não vendidos.

O contrato mais negociado na Bolsa de Mercadorias de Dalian encerrou as negociações com alta de 2,56%.

Itaú Unibanco (ITUB4) terminou com variação negativa de 0,3%, enquanto Bradesco (BBDC4) avançou 0,53%.

Minerva (BEEF3) saltou 9,38%, em dia positivo para o setor, com JBS (JBSS3) registrando alta de 4,63%.

Marfrig (MRFG3), que divulgou na noite da véspera lucro líquido de 62,6 milhões de reais no primeiro trimestre, revertendo resultado negativo de 634 milhões de reais um ano antes, fechou negociada em alta de 4,44%.

CVC Brasil (CVCB3) fechou em baixa de 7,44%, tendo no radar pedido de renúncia do presidente do conselho de administração da companhia de turismo, Valdecyr Maciel Gomes.

Auren Energia (AURE3), que não faz parte do Ibovespa, recuou 1,66%, após anunciar a incorporação da AES Brasil, formando a terceira maior geradora de energia do Brasil.

A relação de troca equivale a 0,762 ação da AES Brasil para cada ação da Auren, controlada por Votorantim e CPP Investments. AES Brasil (AESB3) disparou 13,8%.

IMC caiu 5,92%, após prejuízo líquido no primeiro trimestre, embora menor do que o ano anterior, com a performance da receita afetada pelas operações nos EUA. O CEO da dona da rede Frango Assado e operadora das redes de fastfood KFC e Pizza Hut no Brasil, Alexandre Santoro, disse que abril ainda sofreu com um efeito calendário, mas que maio está sendo melhor.

Sobre Nós

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.  Saiba Mais

Assine a newsletter “O Melhor do Dinheirama”

Redes Sociais

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.