Home Mercados Ibovespa: veja os 11 destaques desta quinta-feira; CSN Mineração sobe 5,5%

Ibovespa: veja os 11 destaques desta quinta-feira; CSN Mineração sobe 5,5%

Às 11:08, o Ibovespa caía 0,16%, a 128.689,05 pontos.

por Reuters
0 comentário

 A bolsa paulista não mostrava uma viés claro nesta quinta-feira, com agentes financeiros atentos à temporada de resultados, que nesta sessão inclui, após o fechamento do mercado, o balanço da Petrobras (PETR4), que deve também anunciar decisão sobre dividendos.

Às 11:08, o Ibovespa (IBOV) caía 0,16%, a 128.689,05 pontos. Na máxima, chegou a 129.187,69 pontos. Na mínima, a 128.687,42 pontos. O volume financeiro somava 2,47 bilhões de reais.

No exterior, a agenda destacava decisão do Banco Central Europeu (BCE), que manteve os juros em níveis recordes, mas deu um primeiro passo para reduzi-los, dizendo que a inflação estava diminuindo mais rapidamente do que previsto há alguns meses.

Também no radar estão dados semanais de auxílio-desemprego dos Estados Unidos, um pouco acima das previsões de economistas, enquanto o chair do Federal Reserve, Jerome Powell, volta ao Congresso norte-americano nesta quinta-feira.

Em Wall Street, os futuros acionários sinalizavam uma abertura positiva das bolsas em Nova York, enquanto o rendimento do título de 10 anos do Tesouro dos EUA marcava 4,0749%, de 4,104% na véspera.

Para a equipe de grafistas da Ágora Investimentos, o Ibovespa mantém um viés baixista, conforme relatório enviado a clientes. Eles afirmaram que o índice corrigiu na véspera parcialmente a queda acumulada nas duas sessões anteriores, mas ainda indica continuidade do movimento negativo rumo ao suporte ao redor de 126.600 pontos e mantém os 129.400 pontos como resistência.

Destaques

Petrobras (PETR4) recuava 0,54%, a 40,62 reais, antes da divulgação do balanço do último trimestre do ano passado, com agentes financeiros na expectativa principalmente da decisão da estatal sobre dividendos. No exterior, o petróleo Brent perdia 0,34%, a 82,68 dólares o barril.

 Vale (VALE3) subia 0,70%, a 67,22 reais, endossada pela alta dos futuros do minério de ferro na China, depois que comentários de autoridades daquele país reavivaram as esperanças de mais medidas de estímulos. O contrato mais negociado na Dalian Commodity Exchange encerrou o dia em alta de 1,83%.

CSN Mineração (CMIN3) era negociada em alta de 5,53%, a 6,30 reais, em meio à repercussão do balanço do quarto trimestre, que analistas do Itaú BBA afirmaram que mostrou Ebitda acima das expectativas. Nos últimos três meses do ano passado, o Ebitda ajustado somou 2,759 bilhões de reais.

CSN (CSNA3) avançava 0,12%, a 16,67 reais, após o grupo reportar Ebitda ajustado de 3,6 bilhões de reais, 16% acima do desempenho de um ano antes, em desempenho acima do esperado por analistas. Mais cedo, na máxima, chegou a 17,24 reais, alta de 3,5%.

3R Petroleum (RRRP3) valorizava-se 2,93%, a 27,77 reais, tendo como pano de fundo resultado do quarto trimestre com Ebitda ajustado de 696,6 milhões de reais, um salto em relação ao 112,6 milhões de reais registrados um ano antes.

Cemig (CMIG4) era negociada em baixa de 2,25%, a 11,74 reais, em meio a notícias sobre a potencial federalização da companhia.

SLC Agrícola (SLCE3) caía 1,60%, a 19,04 reais, após reportar prejuízo líquido de 153 milhões de reais no quarto trimestre de 2023, revertendo resultado positivo de 132,4 milhões de reais um ano antes. O Ebitda ajustado aumentou 4%, a 673,4 milhões de reais.

Dexco (DCXO3) perdia 1,87%, a 7,86 reais, tendo no radar balanço mostrando queda de 62% no lucro líquido recorrente do quarto trimestre do ano passado, para 77,5 milhões de reais. O Ebitda ajustado e recorrente somou 404,5 milhões de reais, avanço de 10,5% ano a ano.

Itaú Unibanco (ITUB4) cedia 0,23%, a 34,07 reais, enquanto Bradesco (BBDC4) caía 0,14%, a 13,80 reais.

Lojas Renner (LREN3) avançava 2,43%, a 16,44 reais, tendo como pano de fundo resultado da Guararapes, dona da Riachuelo, mostrando alta de 124,7% no lucro líquido no quarto trimestre, com melhora em margens e crescimento de receita e vendas mesmas lojas. Guararapes (GUAR3), que não faz parte do Ibovespa, saltava 12,02%.

Dinheirama

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.