Home Mercados Ibovespa: veja os 7 destaques desta segunda-feira; IRB(RE) sobe

Ibovespa: veja os 7 destaques desta segunda-feira; IRB(RE) sobe

Às 10h50, o Ibovespa caía 0,04%, a 129.122,67 pontos

por Reuters
0 comentário

O Ibovespa (IBOV) tinha uma variação modesta esta segunda-feira, com agentes financeiros abrindo a semana em clima de expectativa para as declarações do chair do Federal Reserve, Jerome Powell, ao Congresso norte-americano, na quarta-feira, e dados do mercado de trabalho dos Estados Unidos, na sexta-feira.

Às 10h50, o Ibovespa caía 0,04%, a 129.122,67 pontos. O volume financeiro somava 1,97 bilhão de reais.

Análise técnica da equipe da BB Investimentos destacou que permanece a perspectiva de indefinição na semana, citando que houve um “falso rompimento” de uma resistência próxima aos 131 mil pontos na última terça-feira, atraindo um forte movimento vendedor logo no dia seguinte, sem configurar uma tendência.

“Retraçamos uma sequência de Fibonacci mais curta, entre fim de outubro e fim de dezembro de 2023, e identificamos que o índice repousa em um ponto de suporte aos 129 mil pontos sem grandes alterações dos demais pontos de suporte e resistência”, observaram os analistas em nota a clientes.

No exterior, os futuros acionários norte-americanos mostravam certa fraqueza, enquanto o rendimento dos títulos de 10 anos do Tesouro dos EUA marcava 4,2229%, de 4,182% na última sessão.

Thiago Nigro lança MBA com convites para trabalhar na XP e Grupo Primo e 100% de cashback

Powell estará nesta semana no Congresso dos EUA para seu testemunho semestral, primeiro no Comitê de Serviços Financeiros da Câmara dos Deputados (dia 6) e depois no Comitê Bancário do Senado (dia 7), e agentes financeiros devem continuar buscando sinais sobre quando o Fed começará a reduzir os juros.

Nesse sentido, dados do mercado de trabalho dos EUA nos próximos dias também estarão sob os holofotes, com destaque para o relatório do governo sobre a criação de vagas em fevereiro, que também inclui a taxa de desemprego e o comportamento dos salários na maior economia do mundo.

Destaques

IRB(Re) (IRBR3) subia 7,06%, a 41,55 reais, tendo no radar relatório de analistas do BTG Pactual elevando a recomendação dos papéis para “neutra”, citando “sell-off” das ações e melhora em resultados. Eduardo Rosman e equipe também aumentaram o preço-alvo das ações de 40 para 44 reais.

MRV&Co (MRVE3), avançava 2,37%, a 7,78 reais, após registrar fortes perdas nos últimos pregões. Apenas na sexta-feira, após a divulgação do resultado trimestral, a ação chegou a cair mais de 7% antes de fechar com variação negativa de 0,3%. Na quinta, o papel havia caído 2,9% e, na quarta, cedido 3,3%.

GPA (PCAR3) caía 4,38%, a 3,71 reais, engatando o terceiro pregão seguido, após forte valorização em duas sessões da semana passada, quando fechou em alta de 12,6% na terça-feira e de 11,9% na quarta-feira.

 Usiminas (USIM5) perdia 1,98%, a 10,89 reais, em meio a ajustes, após quatro altas seguidas, período em que acumulou um ganho de mais de 4%. Desde o começo do ano, até a última sexta-feira, as ações do grupo siderúrgico valorizaram-se 19,6%.

Rede D’or (RDOR3) recuava 1,57%, a 25,03 reais. Em comentários recentes, analistas do Itaú BBA afirmaram que esperam um desempenho fraco do segmento de serviços hospitalares no resultado do quarto trimestre, em razão de uma sazonalidade menos favorável a prestadores de serviços.

Vale (VALE3) caía 0,27%, a 66,70 reais, seguindo os futuros do minério de ferro na China, onde o contrato mais negociado na Dalian Commodity Exchange encerrou as negociações do dia em queda de 0,11%, a 890 iuans (123,63 dólares) a tonelada, após atingir uma mínima intradia de 860,5 iuans.

Petrobras (PETR4) avançava 0,85%, a 40,52 reais, buscando uma recuperação após terminar a semana passada com uma perda acumulada de mais de 4%. No exterior, o barril de petróleo Brent era negociado em baixa de 0,19%. Na última sexta-feira, a Petrobras elevou o preço médio do querosene de aviação.

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.