Home Mercados Iene japonês atinge 155 por dólar, nível mais fraco desde 1990

Iene japonês atinge 155 por dólar, nível mais fraco desde 1990

O dólar chegou a atingir 155,17 ienes, valor mais alto desde 1990

por Reuters
0 comentário

O iene (USDJPY) caiu nesta quarta-feira para o nível mais fraco em relação ao dólar desde 1990, com os mercados em alerta a qualquer sinal de intervenção das autoridades japonesas para sustentar sua moeda.

O dólar chegou a atingir 155,17 ienes, valor mais alto desde 1990, antes de cair novamente em negociações instáveis, um sinal de nervosismo do mercado em torno do nível 155.

A moeda norte-americana era negociada a 154,97 ienes, com alta de 0,09%

O declínio do iene ocorreu após uma série de dados fortes de inflação dos EUA terem levado o dólar para máximas de cinco meses e reforçado expectativas de que o Federal Reserve não deve ter pressa para cortar a taxa de juros este ano.

APRENDA COMO MULTIPLICAR E PROTEGER SEU CAPITAL INVESTIDO POR MEIO DAS CRIPTOMOEDAS E ACELERE A SUA JORNADA RUMO À LIBERDADE FINANCEIRA

A queda do iene em relação ao dólar reavivou a expectativa de intervenção cambial. O ministro das Finanças do Japão, Shunichi Suzuki e outras autoridades disseram que estão observando as movimentações cambiais e responderão conforme necessário.

O dólar forte prevaleceu nas reuniões de primavera do Fundo Monetário Internacional e do Banco Mundial na semana passada em Washington, e Estados Unidos, Japão e Coreia do Sul emitiram uma rara declaração conjunta sobre o assunto.

Falando após a reunião dos líderes financeiros do G20 em Washington, o presidente do Banco do Japão, Kazuo Ueda, disse que o banco central japonês poderá aumentar novamente as taxas de juros se a queda do iene elevar significativamente a inflação, destacando o dilema que a moeda fraca se tornou para as autoridades.

O Banco do Japão conclui reunião de política monetária na sexta-feira.

Sobre Nós

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.  Saiba Mais

Assine a newsletter “O Melhor do Dinheirama”

Redes Sociais

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.