Home Economia e Política IGP-M tem alta de 0,31% em abril, diz FGV

IGP-M tem alta de 0,31% em abril, diz FGV

O IGP-M calcula os preços ao produtor, consumidor e na construção civil entre os dias 21 do mês anterior e 20 do mês de referência

por Reuters
0 comentário

 O Índice Geral de Preços-Mercado (IGP-M) passou a subir 0,31% em abril, ante queda de 0,47% vista no mês anterior, informou nesta segunda-feira a Fundação Getulio Vargas (FGV), destacando a aceleração de algumas commodities importantes.

A alta do IGP-M foi bem mais intensa do que a expectativa em pesquisa da Reuters de avanço de apenas 0,08%, e levou o índice em 12 meses a acumular queda de 3,04%.

O Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA), que responde por 60% do índice geral e apura a variação dos preços no atacado, avançou 0,29% em abril, abandonando queda de 0,77% vista em março.

APRENDA COMO MULTIPLICAR E PROTEGER SEU CAPITAL INVESTIDO POR MEIO DAS CRIPTOMOEDAS E ACELERE A SUA JORNADA RUMO À LIBERDADE FINANCEIRA

Por trás desse resultado, André Braz, coordenador dos índices de preços da FGV, destacou “aumentos no preço do cacau, que saltou de 19,92% para 63,63%, e do café, que foi de 0,62% para 9,57%, além da soja, que passou de 0,47% para 5,66%”.

Além disso, “o minério de ferro apresentou uma redução menos acentuada, indo de -13,27% para -4,78%, “o que também teve papel importante na aceleração da taxa do IPA.”

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC), que tem peso de 30% no índice geral, ganhou 0,32% em abril, acelerando em relação à taxa de 0,29% observada em março.

O maior impacto no IPC veio do grupo Educação, Leitura e Recreação, cuja taxa de variação desacelerou a queda a 1,37%, de -1,85% antes. O subitem passagem aérea teve forte peso nesse resultado, arrefecendo sua baixa para 8,94%, ante -10,53%.

O Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) avançou 0,41% neste mês, contra avanço de 0,24% em março.

O IGP-M calcula os preços ao produtor, consumidor e na construção civil entre os dias 21 do mês anterior e 20 do mês de referência.

Dinheirama

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.