Home Economia e Política Incerteza alta pode significar redução no passo de afrouxamento monetário, diz Campos Neto

Incerteza alta pode significar redução no passo de afrouxamento monetário, diz Campos Neto

Campos Neto destacou que a maior parte das incertezas é global, mas também destacou riscos fiscais domésticos após afrouxamento da meta de resultado primário para 2025

por Reuters
0 comentário

O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, disse nesta quarta-feira que uma manutenção do cenário de incerteza elevada pode significar uma redução do ritmo de afrouxamento monetário promovido pela autarquia na tentativa de controlar a inflação.

Em evento com investidores em Washington, nos Estados Unidos, Campos Neto apresentou uma espécie de guia sobre os próximos passos do Banco Central a depender da evolução do cenário.

“Poderia haver uma redução da incerteza, o que significa que seguiríamos o caminho usual. Poderíamos ter um sistema no qual a incerteza continua a ser muito alta e não muda significativamente, o que pode significar uma redução no passo”, afirmou.

“Poderíamos ter um cenário no qual a incerteza começa a afetar mais fortemente variáveis importantes, e aí precisaríamos falar sobre mudar o balanço de riscos. E poderíamos ter cenário no qual a incerteza na verdade se agrava, criando estresse global e, nesse caso, mudaríamos nosso cenário base”, prosseguiu.

O presidente do BC destacou que a maior parte das incertezas no atual cenário é global, mas também destacou riscos fiscais domésticos após afrouxamento da meta de resultado primário para 2025.

No evento, Campos Neto enfatizou que o BC não terá medo de fazer o que é preciso para alcançar suas metas, ainda que eventuais mudanças na orientação futura da autarquia possam gerar problema de credibilidade.

O encontro de Campos Neto com investidores na capital norte-americana seria fechado e sem transmissão, pela previsão inicial, mas depois o BC anunciou a abertura do evento.

A taxa Selic está atualmente em 10,75%, após seis cortes consecutivos de 0,50 ponto percentual pelo BC desde agosto do ano passado.

A orientação futura do mais recente encontro do Copom previa manutenção do ritmo de corte pelo menos em sua próxima reunião.

Sobre Nós

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.  Saiba Mais

Assine a newsletter “O Melhor do Dinheirama”

Redes Sociais

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.