Independência financeira começa com investimentos e disciplinaO ano de 2014 irá começar com um ambiente marcado por muitas incertezas. A economia do país cresce em ritmo menor, a inflação continua sendo um enorme ponto de interrogação e a taxa Selic continuará na casa dos 10% por algum tempo.

Em meio a esse ambiente conturbado, um dado continua sendo muito positivo: nossos índices de desemprego continuam baixíssimos (na casa de 5%), principalmente quando comparados com as demais economias no mundo. As pessoas estão trabalhando, mas será que estão aproveitando essa oportunidade para construir sua independência financeira?

A certeza que fica é que a economia do país passa por um momento delicado, mas felizmente conseguimos manter emprego e alguma renda. No entanto, parece que o brasileiro ainda não percebeu como é fundamental, especialmente neste momento de “pleno emprego”, formar uma poupança.

Falo de investimentos capazes de preservar o poder econômico da família em momentos de crise ou mesmo de imprevistos, mas também de atitudes em relação ao dinheiro que sejam capazes de conduzir cada vez mais brasileiros à independência financeira. Você tem pensado nisso?

Porque imprevistos acontecem sempre

Todos nós sabemos que imprevistos acontecem e que as crises são cíclicas. Mais cedo ou mais tarde, algo inesperado pode acontecer e, sem muito aviso, acabamos ficando à deriva. Nesse final de ano, convido você a refletir sobre o seu futuro.

Seja honesto e pergunte-se: “O que você faria se perdesse hoje seu trabalho? Quanto tempo conseguiria manter seu padrão de vida se não encontrasse imediatamente um novo trabalho?”. Consegue responder a essas dúvidas?

Ora, é o momento de pensar melhor no futuro e no bem estar de sua família. Aproveite o momento de renda em alta para planejar com cuidado a melhor maneira de criar sua reserva para emergências e também para organizar seus investimentos e a busca pela independência financeira.

O consumo é fundamental para o crescimento econômico de um país, mas o consumismo desmedido é um mal que precisa ser combatido com disciplina e força de vontade. Vamos tentar fazer de 2014 um ano melhor neste sentido?

Independência financeira começa com pouco

Para começar, que tal reservar 10% de sua renda líquida para formar sua poupança? Em alguns meses, você já terá um valor guardado que o ajudará a dormir mais tranquilo e trará um poder que vale ouro: a liberdade de escolha em momentos delicados (pense na perda do emprego ou em uma emergência médica).

É fundamental manter os pés no chão mesmo na hora de sonhar. Lembre-se que seus objetivos só serão alcançados com um bom planejamento e boas escolhas. Hoje, para investir bem você precisa, acima de tudo, de comprometimento e interesse na garimpagem das melhores oportunidades.

O tempo será sempre um fator crucial. Quem tem mais tempo, pode (deve) arriscar mais, desde que procure saber onde está pisando.

Comece com os parceiros certos!

Se você é daqueles que buscam investimentos através de uma corretora, recomendo que conheça de perto o trabalho realizado pelo home broker parceiro Rico.com.vc (clique para detalhes). Temos muito orgulho de contribuir frequentemente com a área educacional da Rico.com.vc, reconhecidamente uma das mais completas corretoras do mercado financeiro brasileiro. Palestras, cursos, campanhas online, eBooks, eventos presenciais, estamos sempre juntos nestes projetos.

Que tal programar seus investimentos?

Se você gostou da ideia de começar sua reserva de emergência e a busca pela independência financeira investindo todo mês, sugiro que conheça o “Investimento Programado” (clique para detalhes), onde você poderá programar aplicações mensais em ações, fundos de investimentos ou títulos públicos. Você não precisará lembrar de investir todo mês, é só autorizar o débito e pronto! Que tal?

Você que recebeu há pouco o 13º salário e quer encontrar uma boa forma de investir no futuro pode aproveitar a promoção especial de dezembro sem pagar taxa de corretagem (clique para detalhes). Abra sua conta e aproveite essa boa oportunidade!

Construir um futuro financeiro melhor muitas vezes só depende de boa vontade, decisões coerentes e parceiros de investimentos especiais. Conte com o Dinheirama e o home broker Rico.com.vc neste caminho. Não deixe sua hora passar! Um grande abraço e até a próxima.

Foto “Process money”, Shutterstock.

Ricardo Pereira
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários