Home Economia e Política Indústria do tabaco quer viciar nova geração em vapes, diz OMS

Indústria do tabaco quer viciar nova geração em vapes, diz OMS

A OMS também disse que não há evidências suficientes de que os vapes ajudam as pessoas a parar de fumar

por Reuters
0 comentário

Empresas de tabaco ainda visam ativamente os jovens por meio das mídias sociais, esportes e festivais de música e produtos novos e aromatizados, disse a Organização Mundial da Saúde (OMS) nesta quinta-feira, acusando as empresas de tentar viciar uma nova geração em nicotina.

Em meio a uma regulamentação cada vez mais rígida voltada para os cigarros, as grandes empresas de tabaco e novos participantes começaram a oferecer alternativas, como os vapes, que, segundo eles, são voltados para fumantes adultos.

Mas a OMS disse que esses produtos são frequentemente comercializados para jovens, seu design e variedade de sabores atraem as crianças, e que os jovens têm mais probabilidade de usar esses produtos do que os adultos em muitos países.

Tedros Adhanom Ghebreyesus, diretor-geral da OMS, rejeitou a alegação do setor de que está trabalhando para reduzir os danos causados pelo fumo. “É desonesto falar sobre redução de danos quando eles estão fazendo marketing para crianças”, disse ele.

A postura cada vez mais rígida da OMS em relação aos produtos de nicotina mais novos ocorre após um aumento acentuado do uso de vaporizadores por jovens em vários países.

A OMS apontou sabores como chiclete como um dos impulsionadores desse aumento. O setor afirma que os sabores são uma ferramenta importante para incentivar os adultos a deixarem de fumar.

(Imagem: freepik/@ Racool_studio)

Grandes empresas de tabaco, em sua maioria, têm se afastado de tais sabores. Mas empresas como a Philip Morris International e a British American Tobacco têm como alvo os jovens por meio do patrocínio de festivais de música e esportes e do uso da mídia social, disse a OMS.

Essas plataformas permitem a promoção de suas marcas para públicos mais jovens e a distribuição de amostras grátis, acrescentou.

PMI e BAT não enviaram comentários imediatamente.

A OMS também disse que não há evidências suficientes de que os vapes ajudam as pessoas a parar de fumar, que há evidências crescentes de que eles prejudicam a saúde e que o vape aumenta o uso de cigarros tradicionais, especialmente entre os jovens.

Dinheirama

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.