Fabrício comenta: “Navarro, tenho aprendido muito lendo o Dinheirama.  Apesar do mecanismo de busca do site funcionar muito bem, sinto falta de um conteúdo sequencial, modular, tipo um curso mesmo. Você ministra algum curso de finanças, presencial ou online? Gostaria muito de me matricular. Obrigado”.

Como você já sabe, sempre que possível utilizo este espaço para sanar as dúvidas de nossos leitores. Como o Fabrício, vários outros já nos questionaram sobre cursos.

Uma de nossas metas no Dinheirama é sempre entregar conteúdos relevantes e de qualidade, de forma gratuita. Gostamos de fazer assim, pois muita gente não tem condições de pagar um curso.

Com isso, não há desculpas para não saber lidar com o dinheiro. Em outras palavras, uma vez que a informação está disponível, a responsabilidade de aprender (e praticar) é de cada um.

Material gratuito recomendado: 5 ebooks gratuitos que farão de você uma pessoa mais rica

Para que isso seja possível (entregar conteúdos gratuitos), monetizamos nosso negócio sem envolver os leitores, que no jargão do mercado, chamamos de modelo B2B (do inglês business to business).

Por outro lado, não vemos nenhum problema em também adotar um modelo B2C (business to customer). Neste caso, cobraríamos alguns serviços dos próprios leitores, e os cursos se encaixam perfeitamente nisso.

Alguns cuidados com cursos online

Já que estamos neste assunto, cabe um alerta. De uns poucos anos para cá, a educação à distância (EAD) tem crescido bastante.

Algumas instituições (como as universidades) utilizam aulas online ao vivo, com transmissão e interação com os instrutores em tempo real.

Outras (a maioria) preferem um modelo gravado, com espaço para perguntas e respostas. Com alguma frequência, é agendado um evento online ao vivo, para sanar dúvidas e trocar ideias com os participantes.

Esse modelo é mais eficiente, pois pode ser visto pelo aluno em qualquer dia e horário, conforme sua agenda e disponibilidade. Seja qual for o modelo, o fato é que os cursos online são excelentes modos de aprender.

O problema é que esse modelo de ensino tem sido vendido por algumas empresas de marketing digital como sendo a “salvação da lavoura”.

O discurso resumido é este: basta você pegar seu conhecimento (por mais raso que seja, e ainda que você não tenha experiência alguma) e transformar isso num curso online, vender e ficar “rico” em poucos meses.

O resultado é uma enxurrada de conteúdos horríveis (me perdoe pela sinceridade), que terminam frustrando aqueles que compram; que por sua vez terminam balizando todos os cursos online como sendo ruins.

Resolvendo o problema

Estamos observando o movimento deste mercado antes de lançarmos os nossos cursos online. Queremos fazer isso do jeito certo, e com um conteúdo impactante e transformador, que verdadeiramente reflita a nossa experiência de mais de uma década no assunto.

Enquanto isso não acontece, tenho uma recomendação de curso para você que deseja investir na sua educação financeira: Inteligência Financeira, do amigo e também educador financeiro Gustavo Cerbasi.

O Cerbasi dispensa comentários, bem como a alta qualidade do conteúdo de seu curso. Estes são os temas dos 6 módulos do curso que tem cerca de 40 horas de duração:

Módulo 1 – Consciência: como desenvolver sua consciência financeira, mudando sua atitude diante de cada decisão que envolve dinheiro.

Módulo 2 – Ferramentas: técnicas, práticas e todas as ferramentas e simuladores, que serão necessárias para guiar as suas estratégias além de material exclusivo que antes eu só disponibilizava aos meus clientes de consultoria.

Módulo 3 – Estratégia: como modelar sua própria estratégia pessoal para toda vida. Como gastar, quanto investir, como se proteger e qual estratégia de investimento seguir em um projeto que será criado agora e melhorado ao longo do tempo.

Módulo 4 – Negociação: estratégia para consumir melhor, gastando menos. Estratégias para negociar com bancos, agentes, vendedores e as minhas estratégias pessoais.

Módulo 5 – Investimentos: técnicas de investimento para ganhar mais com segurança, de tesouro direto a dólar, ações a imóveis, com técnica o resultado será consistente.

Módulo 6 – Legado: a atitude para uma vida mais rica, orientações para educação financeira dos filhos, impactar a sociedade de maneira definitiva e sustentável.

Este é um curso bem completo, que além de falar sobre investimentos, também ataca os maiores sabotadores do nosso sucesso financeiro, que são os nossos hábitos e comportamentos.

Se desejar mais informações, clique aqui para ser direcionado para a página do curso.

Considerações finais

Ah! Este não é um texto patrocinado. Os links também não são comissionados. É apenas uma indicação pessoal e o reconhecimento em relação ao excelente trabalho do Cerbasi.

Da mesma forma, também farei outras recomendações similares de outros poucos profissionais que merecem a sua atenção e o meu respeito. Assim consigo suprir as necessidades de alguns de nossos leitores, e que pode ser a sua também.

Workshop gratuito recomendado: Conrado Navarro, Gustavo Cerbasi e outras feras falam sobre Finanças e Empreendedorismo

Olha aqui em cima mais uma dica de material gratuito de alta qualidade! Eu não resisto. 🙂 Um forte abraço e até a próxima!

Conrado Navarro
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários