INVESTIMENTO ANJO, você certamente já ouviu essa expressão por aí.

Mas afinal, qual o papel desse investidor? Será possível ficar rico sendo investidor anjo?

O investimento anjo nada mais é do que a alocação de recursos em startups: empresas criadas e geridas, desde a sua fundação, para crescerem exponencialmente e se tornarem grandes empresas.

O Investimento Anjo pode ser definido como apoio em negócios no seu estágio inicial, mentoria, aconselhamento, fornecimento de infraestrutura, suporte, networking, tempo, dedicação e dinheiro suficiente para manter o Projeto e o Plano de Negócios.

Mais que um investidor, um ombro amigo

Na prática, é muito mais do que isso. Trata-se do aval e do “ombro amigo” que o empreendedor precisa para levar seu sonho adiante e, claro, também o suporte para sistematizar o investimento financeiro a título de “cash-in”, com finalidade de suprir necessidades mensais em troca de um percentual do negócio.”

Estima-se que apenas 10% dos novos produtos das startups seja bem sucedido. Esta baixa probabilidade de sucesso se traduz em um risco muito grande para investidores e fundadores.

Um investimento-anjo de excelência pode proporcionar retornos a investidores, fundadores e para a sociedade como um todo.

Acompanhe o vídeo e registre sua opinião

Certamente aqui no Dinheirama você já encontrou muitos vídeos sobre empreendedorismo e investimento anjo.

Esperamos que a partir de agora você possa olhar para esse assunto como uma boa possibilidade para o futuro.

Empreender é ajudar a escrever uma história que interfere diretamente a vida de muita gente.

Confira nosso vídeo e registre sua opinião. E, claro, siga nosso trabalho:

Avatar
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários