Investir em ações com Análise Gráfica - Gráficos simples (3)A Análise Gráfica, também conhecida como Análise Técnica[bb], consiste no estudo dos preços e dos volumes negociados por uma dada ação. Todas as informações pertinentes para o estudo das ações estão representadas nos gráficos, na medida em que este traduz o comportamento de todos os agentes presentes no mercado, sejam os fundamentalistas, os insiders (que possuem informações privilegiadas), os grafistas ou mesmo os amadores que compram e vendem sem critérios fundamentados. O artigo de hoje mostra e explica os gráficos de linha, barras e candlestick.

O gráfico
O gráfico é elaborado com base no preço do ativo em um dado período, conforme ilustrado abaixo:

Exemplo - Gráfico de linha

Nesse caso, foi utilizado o gráfico de linhas com a periodicidade diária, onde a linha é a união dos preços de fechamento de cada dia de negociação. No entanto, além do preço de fechamento, também são importantes os preços de abertura, mínimos e máximos. Assim, foi criado o gráfico de barras, que reúne esses quatro preços.

Gráfico de barras
Mais completo que o gráfico de linhas, o gráfico de barras utiliza, além do preço de fechamento, o preço de abertura e os preços mínimo e máximo do período utilizado. A denotação utilizada para caracterizar tais preços pode ser vista abaixo:

Gráfico de Barras - Início e Fechamento

Veja um exemplo de gráfico de barras:

Exemplo - Gráfico de barras

Candlestick
Ainda existe outro tipo gráfico mais visual e completo que o gráfico de barras – que também utiliza esses quatro preços – descoberto pelo ocidente apenas recentemente, mas utilizado no Japão, no mercado de negociação de arroz, desde o século XVIII.  A denominação candlesticks[bb] se dá porque a figura representativa parece com uma vela e seus pavios. As figuras não necessitam ser exatamente iguais, e cada padrão está sujeito à interpretação de cada analista. A notação gráfica que permite identificar os preços pode ser entendida com a figura a seguir:

Gráfico Candlestick - Início e Fechamento

Veja um exemplo de gráfico candlestick:

Exemplo - Gráfico Candlestick

O estudo do candlestick foi muito divulgado nos últimos anos, e suas figuras são de extrema relevância para antecipar as reversões de preço. Discutiremos os padrões mais importantes e suas respectivas conclusões em um novo artigo, em momento oportuno, onde abordaremos padrões como o martelo e o doji, entre outros.

Em nosso próximo artigo seguiremos na introdução dos conceitos fundamentais da Análise Gráfica e apresentaremos a teoria de Dow. Como vê, nossa idéia é compilar um excelente material relacionado à Análise Gráfica, mas de forma bastante gradual e focada no aprendizado daqueles que ainda não tiveram contato com a área. Até semana que vem.

——
Leandro Martins é economista com MBA em finanças pela USP e FIPE e com mestrado em economia na Universidade de Grenoble (França). Profissional de Investimento certificado com o CNPI registrado pela CVM, fundador do site www.seuconsultorfinanceiro.com.br e autor do livro “Aprenda a Investir – Saiba Onde e Como Aplicar Seu Dinheiro” (Editora Atlas).

Crédito da foto para stock.xchng.

Leandro Martins
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários