Home Economia e Política IPCA-15 sobe 0,36% em março e fica acima do esperado, diz IBGE

IPCA-15 sobe 0,36% em março e fica acima do esperado, diz IBGE

A pesquisa da Reuters com economistas estimava alta de 0,32% para o período

por Reuters
0 coment√°rio

O √ćndice Nacional de Pre√ßos ao Consumidor Amplo-15 (IPCA-15), considerado a pr√©via da infla√ß√£o oficial, subiu 0,36 por cento em mar√ßo, sobre alta de 0,78 por cento no m√™s anterior, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estat√≠stica (IBGE). Pesquisa da Reuters com economistas estimava alta de 0,32 por cento para o per√≠odo.

Conforme o documento, nos √ļltimos 12 meses, a varia√ß√£o do IPCA-15 foi de 4,14%, abaixo dos 4,49% observados nos 12 meses imediatamente anteriores.

Dos nove grupos de produtos e servi√ßos pesquisados, cinco registraram alta em mar√ßo. A maior varia√ß√£o (0,91%) e o maior impacto (0,19 p.p.) vieram de¬†Alimenta√ß√£o e Bebidas.¬†Na sequ√™ncia, vieram os grupos¬†Transportes¬†(0,43% e 0,09 p.p.) e¬†Sa√ļde e cuidados pessoais¬†(0,61% e 0,08 p.p.). As demais varia√ß√Ķes ficaram entre o -0,58% de¬†Artigos de resid√™ncia¬†e o 0,19% de¬†Habita√ß√£o.

Alimentação

No grupo da alimentação e bebidas, a alimentação no domicílio subiu 1,04% em março. Contribuíram para esse resultado as altas da cebola (16,64%), do ovo de galinha (6,24%), das frutas (5,81%) e do leite longa vida (3,66%).

A alimentação fora do domicílio (0,59%) acelerou em relação ao mês de fevereiro (0,48%), em virtude da alta mais intensa da refeição (0,35% em fevereiro para 0,76% em março). O lanche (0,19%) registrou variação inferior à registrada no mês anterior (0,79%).

O Dinheirama √© o melhor portal de conte√ļdo para voc√™ que precisa aprender finan√ßas, mas nunca teve facilidade com os n√ļmeros.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informa√ß√£o e atesta a apura√ß√£o de todo o conte√ļdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que n√£o faz qualquer tipo de recomenda√ß√£o de investimento, n√£o se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.