IPO - Oferta pública inicial da VisaNetPassada a euforia do mercado de ações, onde aconteciam IPOs com muita frequência, voltaremos a ter um nova oferta pública de grande porte, da empresa VisaNet. Conforme informado pela empresa, as ações distribuídas no âmbito da oferta serão listadas no Novo Mercado,  segmento especial com alto grau de Governança Corporativa da BM&F Bovespa, sob o código VNET3.

A oferta será destinada ao público em geral, observando os limites mínimo e máximo de investimento, entre R$ 3 mil e R$ 300 mil. O preço de cada ação será fixado entre o intervalo de R$ 12,00 a R$ 15,00. Tal operação poderá atingir valor total de captação de R$ 9,7 bilhões, o que ultrapassaria o primeiro lugar entre as ofertas iniciais brasileiras: OGX Petróleo, que captou R$ 6,7 bilhões. O encerramento do período de reservas será dado no próximo dia 24 de junho, amanhã.

Mas o que é um IPO e quais os riscos e suas características?
Uma Oferta Pública Inicial de ações (Initial Public Offering – IPO) é feita quando uma empresa limitada abre seu capital, transformando-se em uma Sociedade Anônima. Com isso, ela negociará suas ações na bolsa de valores[bb]. Ao aplicar em uma empresa que está abrindo o seu capital, é importante antes de fazer a reserva junto à sua corretora analisar detalhadamente o prospecto (documento que possui diversas informações sobre a companhia).

Vale a pena verificar as informações da empresa, como os principais fatores de risco (item que descreve os pontos fracos da empresa e possíveis cenários macroeconômicos que poderão vir a prejudicar sua performance). Preste atenção também aos itens: histórico, visão geral do setor, descrição do negócio e política de dividendos, como também às demonstrações financeiras da empresa.

Assim é possível analisar sua posição perante seus concorrentes, a evolução do resultado operacional e a situação de seu setor perante a economia[bb], entre outros aspectos. É interessante verificar o destino dos recursos a serem captados e, com isso, analisar a reposta do investidor a essa emissão. Então faça o download do prospecto e leia-o com atenção.

O processo de formação de preços é efetuado através de Bookbuilding, normalmente através de um leilão de oferta que auxilia na definição da remuneração e outras características de títulos e valores mobiliários, de forma a refletir as condições de mercado por ocasião de sua efetiva colocação à venda.

Diferença do IPO para a Oferta Secundária
A oferta secundária de ações tem processo parecido com a primária, mas em vez do recurso obtido com as vendas das ações serem alocados para uma eventual alavancagem financeira via investimentos ou pagamento de possível dívida da empresa, eles vão diretamente ao investidor[bb] que está vendendo sua parte da companhia.

——
Leandro Martins é economista com MBA em finanças pela USP e FIPE e com mestrado em economia na Universidade de Grenoble (França). Profissional de Investimento certificado com o CNPI registrado pela CVM, fundador do site www.seuconsultorfinanceiro.com.br e autor do livro “Aprenda a Investir – Saiba Onde e Como Aplicar Seu Dinheiro” (Editora Atlas).

Crédito da foto para stock.xchng.

Leandro Martins
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários